Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Quantum Error terá ray-tracing em tempo real na PS5

Asseguram os criadores.

Apesar de durar cerca de 50 minutos, a estranha apresentação de Mark Cerny sobre a PlayStation 5, pensada para a CGD 2020, deixou imensas perguntas sem resposta e gerou imensa especulação.

Desde então, foram feitos diversos comentários, partilhadas inúmeras opiniões e na falta de mais anúncios ou da apresentação de jogos PS5, muito se tem debatido as capacidades da consola de próxima geração da Sony.

Recentemente, Chris Grannell, ex-designer na Guerrilla Cambridge, deu que falar ao comentar que a PS5 não seria capaz de ray-tracing em tempo real, mas agora temos um estúdio a assegurar que o seu jogo usará essa tecnologia na PS5.

Anunciado pela TeamKill Media no final de Março, Quantum Error é um jogo cross-gen que está a ser desenvolvido por apenas 4 pessoas e nas primeiras informações partilhadas, foi confirmado o uso de ray-tracing em tempo real na versão PS5.

Questionados sobre os comentários de Grannell que afirmou que a PS5 não seria capaz de ray-tracing em tempo real, a TeamKill Media respondeu apenas que Quantum Error utilizará essa técnica na PS5.

"Quantum Error usará ray-tracing em tempo real a 100%."

"É muito fácil de implementar," continuaram os responsáveis pelo jogo que receberam diversas questões suscitadas pelos comentários de Grannell, que iam em sentido oposto ao que tinha sido prometido para Quantum Error.

"Algo que notamos é que as coisas têm de ser o mais perfeitas possível ao visualizar as coisas com ray-tracing pois que não é bem feito é facilmente perceptível com este tipo de iluminação e reflexos."

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários