Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Quanto é que a Xbox Game Studios cresceu de 2017 para 2022?

Uma breve análise às aquisições mais significativas do estúdio.

Agora que a Microsoft comprou a Activision Blizzard, avizinha-se um futuro muito risonho para a marca e para os milhões de utilizadores que compraram as novas consolas da Xbox.

Conhecida principalmente por franquias como Halo, Gears of War e Forza, esta compra por parte da Microsoft vai colocar uma série de IPs sobre a sua alçada, sendo que algumas delas correspondem aos jogos mais jogados da atualidade: Call of Duty, World of Warcraft, Overwatch, entre muitas outras.

Mas como estava a Xbox Gaming Studios em 2017? Neste guia, vamos então debruçar-nos um pouco sobre o crescimento da Xbox Game Studios ao longo dos últimos anos.

Quanto é que a Xbox Game Studios cresceu de 2017 para 2022?

O utilizador do Twitter Klobrille criou uma imagem divertida que demonstra muito bem o crescimento exponencial da Xbox Game Studios de 2017 para 2022, sendo que podes consultá-la mais abaixo.

Em 2017, a Xbox Gaming Studios contava com "apenas" 6 estúdios, alicerçando-se frequentemente em acordos third-party de maneira a criar exclusivos e/ou exclusivos temporários para as suas plataformas. Ainda assim, vale a pena notar que estes 6 estúdios - que incluem a Rare, Mojang, The Coalition, 343 Industries, Turn 10 e a Xbox Games Studios - são estúdios de ponta, responsáveis pelos títulos de maior sucesso da Xbox como Gears of War, Halo e Forza.

Num aparte curioso, a Mojang, criadora do mega sucesso Minecraft, foi adquirida pela Xbox em 2014 por 2.5 mil milhões de dólares - tendo em conta que Minecraft acabou por se tornar num dos jogos mais vendidos de todos os tempos, acho seguro dizer que esta aquisição foi bem frutífera! Por sua vez, a Rare (o estúdio por trás de Banjo-Kazooie e Perfect Dark) foi adquirida em 2002 por 375 milhões de dólares.

No entanto, em 2022, o número de estúdios da Microsoft quase que sextuplica, com um catálogo first-party mais forte do que nunca e agitando o mundo gaming de uma forma inédita. Podes vê-los a todos na imagem mas também na lista logo a seguir, divididos por subcategorias:

Xbox Games Studios

  • Rare
  • Double Fine
  • World's Edge
  • InXile
  • The Initiative
  • Turn 10
  • 343 Industries
  • The Coalition
  • Mojang Studios
  • Undead Labs
  • Obsidian Entertainment
  • Compulsion Games
  • Ninja Theory
  • Playground Games
  • Xbox Games Studios

Bethesda

  • Bethesda Game Studios
  • id Software
  • Tango Gameworks
  • MachineGames
  • Arkane
  • ZeniMax Online
  • Alpha Dog
  • Roundhouse studios

Activision Blizzard

  • Treyarch
  • Raven
  • High Moon Studios
  • Infinity Ward
  • Toys For Bob
  • Beenox
  • Sledgehammer Games
  • Digital Legends Entertainment
  • Activision Shangai Studio
  • Solid State Studios
  • Blizzard Entertainment
  • King

Em março de 2021, a Microsoft oficializou a compra da ZeniMax Media por 8 mil milhões de dólares e, com esta jogada, os estúdios Bethesda Game Studios, id Software, Arkane, MachineGames, Tango Gameworks, entre muitos outros ficaram a pertencer à gigante americana. Não esquecer que a Bethesda é a responsável por sagas de grande sucesso, como Fallout, The Elder Scrolls, Dishonored ou Doom.

No entanto, a bomba chegou em janeiro de 2022, com o anúncio da compra da Activision Blizzard por parte da Microsoft. Esta aquisição, que custou cerca de 70 mil milhões de dólares (quase 9 vezes mais do que a compra da Bethesda) fortalece ainda mais o catálogo da Microsoft e será interessante ver como a companhia vai proceder em relação às franquias que detém: irão algumas delas tornar-se exclusiva Xbox, sem versão para outras consolas? Como vai a Microsoft usar estes seus novos trunfos no futuro?

É complicado responder a estas perguntas neste momento mas há algo que não podemos negar: a pouco e pouco (e com muitos mil milhões de investimento), a Xbox está a montar um império invejável, capaz de fazer frente aos outros pesos pesados da indústria, e a acentuar-se ainda mais como uma potência no panorama gaming mundial. Mesmo com alguma apreensão, acredito que os próximos anos serão entusiasmantes.

Sobre o Autor

Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários