Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Próximo Zelda pode não ser uma sequela direta de Tears of the Kingdom

Fizeram o que podiam com este mundo.

Image credit: Nintendo

O produtor de The Legend of Zelda, Eiji Aonuma, disse que o próximo jogo da série provavelmente não será uma sequela direta de Zelda: Tears of the Kingdom.

Em entrevista ao Game Informer, Aonuma e o diretor de Tears of the Kingdom, Hidemaro Fujibayashi, falaram sobre a receção do jogo e o que estão a planear a seguir.

Quando questionado sobre a possibilidade de uma sequela direta de TOTK, Aonuma disse que fazer uma sequela para um jogo que já é uma sequela seria “um pouco selvagem”.

Isto foi o que ele disse:

“Estávamos a tentar construir sobre o mundo que criámos com Breath of the Wild”, explicou ele, “e realmente esgotar as possibilidades do que poderíamos colocar nesse mundo”. Como tal, a Nintendo vê TOTK como a “forma final daquela versão de The Legend of Zelda”, disse ele. “Não acho que faremos uma sequela direta para um mundo como aquele que criámos.”

Tendo em conta que Tears of the Kingdom chegou em maio deste ano, é possível que o próximo Zelda ainda demore uns bons anos a chegar.

Isto foi o que dissemos na nossa análise:

"Renovado e desafiante périplo sobre Hyrule adquire trajectórias ascendentes e incursões às profundezas, acompanhadas por um maior poder criativo e engenhoso level design."

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article
Related topics
Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários