Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

"Produtores não sentem a necessidade de forçar as capacidades gráficas da Wii"

Criadores de The Conduit revelam mais detalhes do jogo.

The Conduit, jogo de acção na primeira pessoa, vai chegar à Nintendo Wii no final do primeiro semestre deste ano. Es título é um dos jogos mais aguardados dentro do catálogo da consola da Nintendo. Numa recente entrevista a equipa de desenvolvimento, High Voltage Software, falou sobre o desenvolvimento de jogos na consola e adiantou mais alguns detalhes do desenvolvimento de The Conduit.

Rob Nichols, desenhador chefe do jogo, disse que, "A nossa equipa técnica é maravilhosa e está constantemente a dar-nos novas ferramentas para trabalhar. Mais do que uma questão de ser ou não preguiçosos, acho que o motivo pelo qual não se trabalha graficamente com a Wii é porque os produtores não sentem a necessidade de forçar a máquina. Com as explosão de jogos casuais na plataforma esqueceram-se aquilo que sabiam sobre jogos tradicionais que exigem qualidade e melhorias técnicas. Felizmente The Conduit vai fazer ver aos jogadores que nem todos estão esquecidos."

Durante as últimas semanas falou-se muito sobre a ausência de compatibilidade entre o The Conduit e o periférico Wii Motion Plus. A High Voltage Software colocou de parte esse acessório depois de tê-lo testado várias vezes.

"O Wii Motion Plus não vai estar presente neste jogo. Foi uma decisão complicada. Empregámos muito tempo com um protótipo de uma arma de combate directo pensada para o periférico, mas decidimos prescindir dele porque o nosso jogo é um FPS muito focado na mira e não tinha sentido a sua inclusão. Não seria muito difícil colocar o jogo compatível com ele, mas não queríamos que os fãs lessem na caixa do jogo 'Compatível com o Wii Motion Plus' para depois darem-se conta de algo que não fosse suficientemente original."

Outra das novidades de The Conduit é a possibilidade de se poder modificar de forma livre o interface do jogo.

"Queríamos dar ao jogador a opção. Cada jogador é diferente e tem as suas próprias preferências. Porque não dar-lhes essa oportunidade? Cada configuração no menu de preferências corresponde a um valor ou a um número que não é difícil de recordar. As configurações são guardadas no perfil do jogador na consola, revelou o produtor do jogo, Josh Olson.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários