Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Presidente da Nintendo explica o porquê de baixar a meta de vendas da Switch

Esforços "insuficientes" não conseguiram mostrar o apelo da consola.

No final do mês passado, a Nintendo anunciou a sua decisão de diminuir a meta de vendas de Switch de 20 para 17 milhões de consolas vendidas para o actual ano fiscal.

Qual a razão para tal? De acordo com o Presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, esta revisão da meta de vendas da consola híbrida foi resultado de esforços "insuficientes" para mostrar o apelo da consola a um número grande o suficiente de consumidores.

"À medida que olhamos para trás (para este ano fiscal), avaliamos agora que os nossos esforços para transmitir totalmente o apelo do hardware e software da Nintendo Switch ao número de novos consumidores que esperávamos originalmente foram insuficientes.

E do ponto de vista da nossa previsão de vendas unitárias para este ano fiscal, enquanto esperávamos que o lançamento de títulos durante o período de festas ajudaria a aumentar as vendas, o aumento das vendas no primeiro semestre do ano fiscal (Abril a Setembro) não foi grande o suficiente, o que também afectou a revisão da previsão da unidades."

Este é um comentário deveras interessante por parte do presidente da companhia japonesa já que não só a consola tem vendido extraordinariamente bem como os jogos nela lançados tornam-se grandes êxitos com o público. Furukawa acrescenta:

"Falaremos sobre o próximo ano fiscal em maior detalhes num momento posterior mas, basicamente, queremos aumentar as nossas vendas de hardware e software mais do que neste ano fiscal. Queremos enriquecer ainda mais a nossa linha de software e transmitir o seu apelo aos consumidores, para que decidam este ano comprar uma Nintendo Switch."

Estás interessado em adquirir uma Switch no futuro?

Sobre o Autor

Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários