Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Presidente da Microsoft queixa-se que a Xbox está em terceiro lugar nas consolas

"Enfrentamos grandes desafios na indústria dos videojogos."

Brad Smith, o vice chair e presidente da Microsoft, escreveu um artigo de opinião para o Wall Street Journal onde se queixa dos desafios que a Xbox enfrenta na indústria dos videojogos e do bloqueio à sua compra da Activision.

"A Federal Trade Commission tem alegadamente planos para processar a Microsoft para impedir a nossa aquisição da Activision Blizzard," começou por escrever Brad Smith. "Seria um grande erro. Prejudicaria a concorrência, consumidores, e milhares de produtores de videojogos."

Mais adiante no seu texto, o presidente da Microsoft afirma que "enfrentam grandes desafios na indústria dos videojogos", sublinhando que "a Xbox permanece em terceiro nas consolas, presa atrás da dominante PlayStation e Nintendo Switch."

Smith não só destaca o último lugar da Xbox nas consolas, como diz também que "não temos presença significativa na indústria mobile", que é a área que mais está a crescer e a gerar lucro. "Uma porção significativa das receitas vai para a Google e Apple através das taxas das suas lojas".

Devido à concorrência que a Microsoft enfrenta, Brad Smith defende a aquisição da Activision Blizzard, o que permitiria fortalecer o seu catálogo do Xbox Game Pass, que na versão Ultimate, inclui o Cloud Gaming para os smartphones.

"A Microsoft precisa de uma biblioteca completa de jogos populares, e como as coisas estão, simplesmente não temos suficientes. É aí que entra a aquisição. A Activision Blizzard vem com jogos populares mobile, PC e de consolas, incluindo Candy Crush, World of Warcraft, e Call of Duty," escreveu o presidente da Microsoft.

Ao longo do seu texto, Brad Smith também garante que não ia retirar Call of Duty da PlayStation, porque seria "economicamente irracional". Na conclusão, é dito que bloquear a aquisição da editora tornaria "a indústria dos videojogos menos competitiva e os jogadores ficariam pior."

"Pensa como é melhor fazer stream de um filme do teu sofá do que conduzir até à Blockbuster. Queremos trazer essa inovação para a indústria dos videojogos."

O que achas das palavras de Brad Smith?

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários