Skip to main content

PlayStation em 2023 até agora

A marca semeou e agora está pronta para colher os frutos.

Image credit: Sony

O percurso da PlayStation ao longo desta geração de consolas não foi imaculado, mas a marca soube navegar pelas adversidades que lhe foram aparecendo no caminho.

Em plena pandemia, lançou uma nova consola, e em condições de escassez de componentes, fez todos os possíveis para que novas unidades continuassem a chegar às mãos dos consumidores.

A PS5 continuou a vender bem, mas não tão bem quanto poderia, visto que todas as unidades que chegavam, eram vendidas rapidamente. A procura superava claramente a capacidade de resposta. Felizmente para todos, em 2023 isso é coisa do passado.

Finalmente, há PS5 nas prateleiras das lojas

Demorou, mas em Fevereiro de 2023, a situação de stock da PS5 normalizou. Pela primeira vez desde o lançamento, há consolas com fartura nas prateleiras de lojas. Quem quer uma PS5, não terá dificuldade em adquirir uma neste momento, pelo menos por questões de disponibilidade.

Sony aposta na inovação e lança o PSVR2

A inovação é portante na indústria dos videojogos. Investir é sempre um risco, mas a PlayStation está confiante no futuro da realidade virtual. Apostou num capacete de realidade virtual na PS4 e agora volta a fazer o mesmo na PS5 com o PlayStation VR2.

Ao mesmo tempo que o stock da PS5 normalizou, o PSVR2 aterrou nas lojas. É um dispositivo impressionante, tal como podes conferir na nossa review. A realidade virtual ainda não leva uma recomendação universal, mas o PSVR2 evoluiu em todos os sentidos.

O catálogo inicial do dispositivo é composto por 30 jogos, entre os quais estão Horizon: Call of the Mountain e Gran Turismo 7, as melhores exibições que tens neste momento do potencial da realidade virtual.

Também há uma aposta maior nos acessórios

O Dualsense Edge o primeiro comando profissional da PlayStation e expande as funcionalidades do Dualsense normal. É o melhor comando que se pode ter atualmente para a PS5, se estiveres disposto a pagar o preço, claro.

Tal como referimos na nossa review ao Dualsense Edge, "tem múltiplas vantagens. Preserva o design do comando original, logo, não existe um período de habituação. Está também integrado no software da PS5 e podes personalizar os botões, a sensibilidade e resposta dos analógicos, e outras opções, sem sair do jogo. Para isso, basta carregar nos botões adicionais (fn) por debaixo dos analógicos. É fácil e rápido. Podes ainda criar múltiplos perfis (até 30 por utilizador), mas apenas quatro podem estar gravados no comando."

Os exclusivos da PS5 para 2023

No que toca a lançamentos de exclusivos, 2023 será um ano mais pacato do que os anteriores, mas há que compreender que 2022 foi um ano excecional: ter jogos como Horizon: Forbidden West, Gran Turismo 7, The Last of Us: Parte I, e God of War Ragnarok no espaço de 12 meses é uma ocorrência rara.

Para 2023, o título mais aguardado está na segunda metade do ano. Spider-Man 2 vai juntar os dois aranhiços - Peter Parker e Miles Morales - no mesmo jogo, numa luta contra Venom. O jogo está previsto para o Outono de 2023, mas antes disso, haverá Burning Shores, a expansão de Horizon Forbidden West, e Final Fantasy XVI, que será um exclusivo temporário da consola da Sony.

Ver no Youtube

O PlayStation Plus está a ficar mais forte

Perante a concorrência, a Sony tem fortificado a sua aposta no PlayStation Plus. No ano passado reformulou o serviço, adicionando novas opções de subscrições com mais vantagens. As novidades de Fevereiro de 2023 são fortes, com Horizon: Forbidden West a liderar o catálogo. Mas há outras ofertas interessantes como Scarlet Nexus, Tekken 7, Resident Evil 7, e The Quarry

Faz sentido fazer upgrade para a PS5 em 2023?

Este parece ser o ano em que a Sony faz uma transição plena para a nova geração. Até agora, jogos como Horizon: Forbidden West, Gran Turismo 7, e God of War Ragnarok ainda tiveram versão para a PS4. Mas de agora em diante, os jogos da marca já não vão ter essa versão. Com o stock da PS5 finalmente normalizado, não é uma má altura para começar a pensar numa transição, isto claro para aqueles que ainda não a tenham feito.

Lê também