Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Phil Spencer duvida que a 8K se torne padrão nos videojogos

Acredita que a ray tracing ainda tem de provar o seu valor.

Nesta jornada até ao lançamento das consolas de próxima geração, começamos a ver diversos novos termos e palavras sobre tecnologias que estão à procura de conquistar o seu espaço na indústria dos videjogos.

Entre as diversas novidades que estão a ser prometidas para as próximas consolas, a resolução 8K e a tecnologia ray tracing têm sido das mais usadas na hora de abordar o potencial, mas Phil Spencer tem algumas reservas quanto ao seu impacto da 8K no futuro dos videojogo.

Em conversa com o Wired, o patrão da Xbox, que dentro de aproximadamente um mês colocará nas lojas as consolas Xbox Series S e Xbox Serie X, comentou que não está convencido que a resolução 8K se vá tornar significativa nesta indústria ao ponto de se tornar no padrão.

"Penso que a 8K é uma tecnologia aspiracional. As capacidades de apresentação dos dispositivos ainda não chegaram lá. Penso que estamos a anos da 8K se tornar, se é que alguma vez se tornará, padrão nos videojogos."

Liz Hamren, responsável pela engenharia de videojogos na Xbox, acrescentou que o número de pessoas com televisões 4K não é assim tão elevada quanto alguns podem acreditar.

Questionado sobre o potencial da ray tracing, Spencer acredita que ainda teremos de esperar para ver do que é capaz pois até ao momento, ainda não viu um jogo que tivesse um impacto significativo graças à RT.

"Quando penso em jogos nos quais a ray tracing teve um impacto dramático na minha experiência enquanto jogador, é muito inconsistente."

A Xbox Series S de 299 euros e a Xbox Series X de 499 euros chegam às lojas a 10 de Novembro e ambas terão capacidades ray tracing, enquanto a consola mais cara poderá correr conteúdo a 8K.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários