Skip to main content

Phil Spencer comenta a possível exclusividade de The Elder Scrolls 6

Deu uma resposta muito vaga.

O CEO da Microsoft Gaming falou em entrevista à Bloomberg sobre a possível exclusividade do sucessor de Skyrim, The Elder Scrolls 6, que foi revelado em 2018.

Como em ocasiões anteriores, o chefe da Xbox não foi específico e aponta a existência do Xbox Cloud Gaming como método para que um amplo público possa aproveitar o jogo.

Isto foi exatamente o que ele disse (podes também vê-lo no vídeo acima):

"Nós olhamos para a exclusividade caso a caso com os jogos que fazemos. Queremos certificar-nos que os nossos jogos estão disponíveis em diversos locais, nas consolas Xbox, no PC, via cloud, estes jogos podem chegar a qualquer dispositivo com Internet, milhões de jogadores tiveram acesso a Starfield e outros jogos da Xbox Game Studios. É tudo sobre dar a escolha aos jogadores sobre como jogar os jogos e construir a sua biblioteca."

Vale a pena relembrar que, recentemente, o diretor de The Elder Scrolls 6, Todd Howard, afirmou que considera ter revelado o novo jogo da saga cedo demais.

Ainda teremos de esperar uns bons anos até o jogo ver a luz do dia mas será interessante ver se TES 6 será exclusivo Xbox e PC ou se chegará a outras plataformas.

Lê também