Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

PES vs. FIFA, 3DS a dar lucro e Kojima com novidades

Rescaldo semanal com participação da comunidade.

Ora aqui estamos nós em mais um fim-de-semana no qual parámos para olhar para o que se passou esta semana e tentamos descobrir os pontos altos. Enquanto as atenções do mundo e das redes sociais se concentram nos Jogos Olímpicos Londres 2012, a indústria vai continuando num ritmo abaixo do normal dizendo claramente que estamos no Verão. Isso não quer dizer que esteja parada ou que não nos dê novidades de peso, apenas que não tem o avassalador ritmo que frequentemente a caracteriza. Mas todos temos estado atentos ao que se passa e ao que os nossos leitores tem a dizer e novamente vamos eleger as melhores notícias e os melhores comentários às mesmas.

Sem quaisquer demoras vamos então começar e logo a abrir temos a Ubisoft que nos diz que as novas consolas ajudam na criatividade. Yves Guillemot, o CEO da Ubisoft, comentou "Temos sido penalizados pela falta de novas consolas no mercado. Percebo que os fabricantes não querem lançar novas consolas regularmente por são caras, mas é importante para toda a indústria ter novas consolas porque ajuda a criatividade. É menos arriscado para nós criar novas PIs e produtos quando estamos no início de uma nova geração."

Finexi concorda com Guillemot, "'mas é importante para toda a indústria ter novas consolas porque ajuda a criatividade'. Isto diz tudo. Há quem pense que novas consolas só trazem altes grafiques, mas não é tudo. Também permite novas mecânicas, mais elaboradas, melhor AI, etc. A criatividade sim depende também do poder da máquina! Senão, tentem lá ser criativos numa Atari 2600...". Já o Omnislash acredita que "eu discordo desta afirmação, a criatividade tem a ver com o artista, com o dev, não com o material ou hardware em que trabalham."

"Eu discordo desta afirmação, a criatividade tem a ver com o artista, com o dev, não com o material ou hardware em que trabalham - Omnislash"

Yves Guillemot, o CEO da Ubisoft

Este é um assunto bem mais sensível do que se pode pensar, pelo menos acredito que sim pois vai mais além do que criatividade ou poderio tecnológico, vai para o campo da sociedade e do panorama económico assim como abrange também toda uma logística empresarial que está inerente a estas transições de geração. É simplesmente natural uma companhia que tem uma consola querer que se mantenha lá por mais alguns anos, se o puder fazer sem partilhar destaque ainda melhor. Com uma crise económica que não dá tréguas, acreditar que o que a Microsoft e a Sony fizeram em 2005/2006 pode ser feito em 2012/2013 é impensável. Lançar uma máquina e passar meses a fio a perder dinheiro pode ser simplesmente fatal, que o diga a Nintendo.

Numa altura em que as companhias já ganham dinheiro com cada sistema vendido e pretendem vender o maior número de jogos ou acessórios o possível, é uma linha muito ténue na qual caminham, entre manter o foco nestas suas consolas ou desde já partilhar o futuro. Pessoalmente acredito que há muito mais que podemos ter nesta geração e é incrível como algumas coisas teimam em não serem feitas. Parece simplesmente imperativo ter uma nova geração de consolas para ter um Mass Effect 4, por exemplo, muito acima do que a BioWare já nos deu nestas consolas, e basta ver como o PC vai crescendo, mas por outro lado pensamos em jogos como Gears of War: Jugment, por exemplo, e vemos como o que temos atualmente pode continuar a surpreender.

"O Fox Engine está quase pronto, mas a única forma de termos a certeza que funciona é criar um jogo ao mesmo tempo e melhorar o motor com as nossas ferramentas durante o processo", comentou Kojima no blogue oficial PlayStation numa participação inserida na comemoração dos 25 anos da sua aclamada série. Isto na mesma notícia em que anunciou que vai mostrar o seu Fox Engine a 30 de Agosto deixando a internet em completo alvoroço. Especialmente porque alguns acreditam que o jogo de apresentação vai ser Metal Gear Solid 5.

Liquid_Belmont comenta que, "Assim espero. A promessa de um MGS 5 com bastante liberdade e stealth é ótima demais para esperar por mais informações e tratando-se do Kojima, não será por menos de espetacular." Também o espero, que seja um anúncio bombástico e que MGS5 seja mesmo revelado para dar uma frescura especial a este suposto fim de geração. Caso Kojima se queira afastar da série, o que parece impensável para qualquer devoto da mesma, vamos acreditar que tem algo especial na manga.

"Assim espero. A promessa de um MGS 5 com bastante liberdade e stealth é ótima demais para esperar por mais informações e tratando-se do Kojima, não será por menos de espetacular. - Liquid_Belmont"

Outra notícia interessante reúne a companhia à qual Kojima pertence e a sua outra série de maior destaque, ou seja, Pro Evolution Soccer. Isto porque um representante da Konami acusou os estúdios da Electronic Arts terem copiado a fórmula de PES para dar sucesso ao seu FIFA ao qual a EA respondeu. Uma troca de galhardetes que poderia passar despercebida não estivesse inserida no meio de duas séries que mais furor causam nesta nossa indústria, pelo menos aqui neste nosso continente.

PES 2013 teve direito a demo e aqui têm Portugal vs Itália

O DwarfStar partilhou que, "Tao se o FIFA copiou o PES nesta geração, como é que o PES não tem a mesma jogabilidade e levaram 5 anos a chegarem perto da jogabilidade do FIFA(isto é só no PES 2012 é que conseguiram chegar la)? BLAH", enquanto no mesmo sentido temos o comentário de 35antonio e ele "Só digo isto: Novidade de Fifa 11: Personality +, Novidade de PES 13: Player ID. A sério, não é preciso pensar muito." Os defensores de PES não se manifestaram e assim sendo não tivemos oportunidade para reunir as devidas declarações.

Party Wave do Mistwalker já está disponível na App Store para os sistemas iOS e esta é uma notícia de enorme interesse e curiosidade pessoal. O homem que me fascinou para os videojogos e me fez acreditar nesta geração que um Lost Odyssey 2 era mais necessário do que água num deserto decidiu apostar nos formatos móveis e temos aqui o seu primeiro resultado. Party Wave é um pequeno e curioso jogo fruto da paixão do pai de Final Fantasy pelo surf e é apenas o primeiro de três produtos iOS que tem no laboratório.

"Puxem outro Sonic Colors ou Generations que temos um bom jogo - RhapsodyRules"

Outro dos destaques da semana foi o suposto registo do domínio para Sonic Adventure 3 mas não sabemos ainda se é algo oficial vindo diretamente da SEGA ou se uma elaborada farsa. Em Outubro vamos ter Sonic Adventure 2 nos serviços digitais e depois do adorável Generations seria mais do que fascinante ver Sonic regressar com a série Adventure. "Puxem outro Sonic Colors ou Generations que temos um bom jogo," diz o RhapsodyRules enquanto o hankpiaget prefere optar por uma abordagem mais irónica à notícia e sugere, "Vou registar um domínio para Shenmue 3 e outros e quero ver virar notícia..LOL". O L depois um O e de outro L representa uma suposta série de gargalhadas que proferiu após o seu comentário.

Aqui estamos com um pé atrás, mas com o outro já a tentar chegar ao anel que está ali à frente. É demasiado bom para ser verdade, mas não queremos deixar de acreditar que é possível. Pensar nas boas recordações da Dreamcast/GameCube e pensar no que a equipa liderada por Takeshi Iizuka pode estar a criar é demasiado bom para não alegrar os ânimos. Vamos ficar atentos e esperar.

Uma das maiores notícias da semana passada teve repercussões nesta e aborda o suposto adiamento de Versus XIII. Final Fantasy Versus XIII não foi cancelado e quem o diz é Yoichi Wada, CEO da Square Enix. "Alguém espalhou o rumor falso de que o Versus foi cancelado," comentou Wada no Twitter. "[Risos] Ainda agora acabamos a nossa reunião regular do Versus. Se vissem a cidade na apresentação de hoje ficariam abismados," disse o homem máximo da Square Enix.

"Eu se visse a tal cidade, provavelmente ficaria abismado.... por ter visto ALGUMA coisa! Se o rumor prejudicou o valor das ações da companhia em bolsa como se diz, porquê tanto tempo para desmentir o mesmo?" disse o Arcanux. "Isto vai ser como o Type-0...anos sem se ouvir um peido sobre ele e depois sempre a chover informações! Mostrem logo algo na TGS que se vocês estão a meter KH a um nível de qualidade bem alto e evolutivo,também vão fazer aqui um grande Action-RPG tal como fizeram em Type-0! E certamente será multi-plataforma o jogo,o que é positivo para quem só tem uma das consolas," comentou connosco o Venajko1.

Não podemos dizer mais nada. A espera começa a tornar-se ridícula e passar anos apenas com um trailer é quase imoral. Para os grandes trabalhos existe até a tendência de dizer para irem com calma pois a pressa pode fazer mais mal que bem, mas um produto no forno há seis anos pode causar irritabilidade até ao mais paciente dos jogadores. A expectativa é enorme e o grau de exigência também.

"Já foram vendidas 19 milhões de unidades (3DS) em todo o mundo, o que para uma consola que quase foi condenada por muitos à nascença só pode ser mais do que bom."

Desde há uns tempos para cá, como dizia o outro, tornou-se praxe nesta indústria medir-se forças recorrendo aos números que as companhias iam dando. Assim sendo nada melhor que destacar a recente notícia da Nintendo que nos diz que a Nintendo 3DS já dá lucro. Já foram vendidas 19 milhões de unidades em todo o mundo, o que para uma consola que quase foi condenada por muitos à nascença só pode ser mais do que bom. O corte de preço na consola fez-se sentir nos cofres da Nintendo mas esta margem de lucro na venda dos seus sistemas vem dar valor à sua medida e a capacidade par retificar a sua postura para sobreviver só pode ser louvada.

"E ainda há quem diga que a Nintendo vai pelo caminho da sega xD andam a comer muitos cogumelos mágicos só pode lol", disse às gargalhadas o narutoD.luffy. "152 milhões? Deve estar muito perto da PS2. É mesmo muita fruta. Passando à sua sucessora, ótimos resultados. A este ritmo, pode ir longe," comentou o Gargles sobre as vendas da Nintendo DS que se tornou na consola Nintendo mais vendida de sempre.

Esta é outra das notícias na qual os comentários da comunidade dizem praticamente tudo. Apenas podemos congratular a Nintendo e todos os que contribuíram para este sucesso, seja de que lado for, como criador ou consumidor. O seu sucesso jamais poderia ser atribuído ao acaso ou a algum acaso fortuito, é resultado de espantoso trabalho, de uma postura e filosofia única banhada em genialidade e doseada em criatividade. Só assim se pode explicar como Satoru Iwata e companhia conseguem "imprimir dinheiro" com os seus sistemas.

Caso não saibam, Kazunori Yamauchi já pensa em Gran Turismo 6 e não é de agora, já desde o momento em que disse à Sony que ia mandar Gran Turismo 5 para a fábrica. Mas o homem pode acreditar que a PlayStation 3 não é a consola mais apropriada e todo o seu novo esplendor pode apenas surgir na nova consola da Sony. Já sobre a PlayStation Vita Yamauchi diz nada ter no forno mas quem sabe o 3G pode ser alvo de destaque e colocar os fãs a jogarem Gran Turismo em qualquer lado.

SoapMactavish94 apenas pede "Um GT bem feito.. atenção bem feito... não é como aquilo que saiu para a PSP.. tava fixe.. mas podia ter tado melhor a serio! Um GT bem feitinho com o sistema de share de saves com a PS3 ou next gen PS era uma boa ideia! O que a vita precisa é de um GT." Apesar de ser uma série de gabarito singular, Gran Turismo tem apresentado longos períodos de desenvolvimento logo é de esperar que o amor de Yamauchi pela perfeição e pelo poderio tecnológico faça o jogo chegar somente daqui a uns anos e numa nova geração. Quanto à versão portátil, Gran Turismo Vita, seria interessante e aguardamos por algo.

"Lol Zombies com armas, instinto? Ta bem ta, e sabem usa-las? Ganda instinto que esses zombies tem. Isto sao na mesma os Ganados e Majins do RE4 e RE5 mas com o nome de Zombies apenas - Flames"

Esta última notícia em destaque é uma que me diz muito pessoalmente e sobre a qual tive especial curiosidade em ver as opiniões da comunidade. Hiroyuki Kobayashi, produtor de Resident Evil 6, partilhou que em Resident Evil 6 os zombies regressam a pedido dos fãs e que as opiniões dos mesmos tem sido parte importante do desenvolvimento dos seus jogos. Acreditamos em tal pois o que realmente nos intrigou na notícia foi quando nos revela que, "Não é que tenhamos decidido que os zombies deveriam usar armas, apenas queríamos salientar a sensação que já foram pessoas, e as pessoas ou pegavam em armas quando lutavam ou usavam certos objetos quando estavam vivos. Tem esta habilidade por instinto de pegar em coisas para as usar."

"Lol Zombies com armas, instinto? Ta bem ta, e sabem usa-las? Ganda instinto que esses zombies tem. Isto sao na mesma os Ganados e Majins do RE4 e RE5 mas com o nome de Zombies apenas," disse o Flames no seu comentário representando a grande maioria das participações da comunidade. O v_for_vendetta foca outro aspeto importante que parece estar intimamente a estes novos comportamentos nos icónicos inimigos de RE, "Os zombies voltaram a pedido dos fãs. Já o survival horror..." pois aparentemente um comportamento mais dinâmico e mais "humano" nos zombies leva o jogo mais no caminho da ação e do tiroteio do que no suspense pausado e dramático das origens da série.

Agora que já corremos as notícias mais importantes da semana podemos voltar aos nossos jogos do momento e já sabem, aproveitem o bom tempo e as férias para passear como desculpa para largar a demonstração de PES 2013. A pré-época futebolística já arrancou e com o tempo a pregar partidas temos a desculpa mais do que perfeita para passar mais tempo a relaxar em casa a recuperar aqueles jogos que foram ficando para trás.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Artigos

Artigos mais recentes