Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Pai pretende processar a Xbox porque o seu filho gastou 4.500 dólares em microtransacções para FIFA 15

Jeremy Hillman acredita que a Microsoft tem responsabilidades.

O norte-americano Jeremy Hillman pretende processar a Microsoft e a marca Xbox, porque o seu filho de 13 anos gastou 4.500 dólares em microtransacções para FIFA 15.

Hillman, que é director de comunicações do World Bank, coloca uma boa parte da culpa sobre os ombros da companhia de Redmond, que na sua opinião devia ter introduzido um mecanismo que permita controlar as transacções pouco usuais.

"Onde estava a Microsoft nisto tudo? Quais eram as suas responsabilidades? Sinto muito ter de escrever estas coisas, tenho bons amigos na Microsoft, especialmente nas equipas de comunicações e imprensa. A minha mulher e eu assumimos a nossa responsabilidade porque devíamos ter tomado mais atenção, e o meu filho assume a sua responsabilidade e castigo. Mas quantos utilizadores gastam legitimamente milhares de dólares na aquisição de aplicações?"

"A Microsoft deveria relatar isto como um comportamento pouco usual e deveria ter de confirmar a aquisição, como fazem os bancos e as empresas de cartão de crédito," concluiu ele.

Jeremy Hillman, o pai da criança de 13 anos.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários