Skip to main content

Pachter acredita que Microsoft vai vender Xbox One sem Kinect

Analista diz que produtoras não vão apostar nele em 2014.

Quando a Xbox One foi anunciada muitos criticaram-na devido às politicas relacionada com os jogos em segunda mão e a conexão obrigatória à Internet. Apesar de terem feito algumas alterações depois da saída de Don Mattrick, a verdade é que o preço e a inclusão obrigatória do Kinect, continuam a não agradar a muitos.

O famoso analista Michael Pachter, acredita que a Microsoft vai acabar por vender a Xbox One sem o Kinect devido ao pouco apoio que o dispositivo terá no próximo ano.

"O Kinect está a ser incluído em cada Xbox One devido ao facto da Microsoft acreditar que o vídeo e reconhecimento de voz são essenciais para as características multimédia. Para além do Skype, há poucas coisas que o Kinect faz que não possam ser feitas com relativa facilidade com o SmartGlass," explicou ele.

"Penso que em 2014 a Microsoft vai ter pouco suporte nos jogos pensados para o Kinect, e poderá reconsiderar a inclusão do Kinect na Xbox One".

Lê também