Skip to main content

"Os eSports não existem", diz presidente da Federação Olímpica da Alemanha

E afirma que não serão incluídos no programa Olímpico.

O debate e a pressão para incluir os desportos electrónicos (eSports) como parte dos Jogos Olímpicos continuam a aumentar de ano para ano, no entanto, há vozes bastante fortes entre a oposição como Alfons Hörmann, o presidente da Federação Olímpica da Alemanha.

O jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung reporta que na Segunda-Feira, Alfons Hörmann disse num evento de recepção de ano novo que "os eSports não existem e não serão incluídos no programa Olímpico."

Apesar da forte convicção de Alfons Hörmann, os eSports já estão a ser integrados em eventos desportivos como os SEA Games 2019 (Southeast Asian Games), em que os eSports serão um desporto medalhado juntamente com as tradicionais modalidades desportivas.

De acordo com o jornal alemão, os comentários de Alfons Hörmann dão continuidade à crítica de Peter Beuth, o ministro do interior e desporto no estado de Hesse na Alemanha, que comparou os eSports com o tricô.

"Os eSports são tanto um desporto como o tricô e tocar flauta," comentou Peter Beuth. "Os desportos, diferente dos jogos de consola, juntam valores como Fair Play e respeito pelas pessoas. Não devemos deixar o e-gaming aproveitar-se destas mais valias do desporto."

Peter Beuth também criticou as organizações de eSports por tentarem ser financiadas pelo Governo, tal como acontece com outras modalidades desportivas.

Alfons Hörmann, o presidente da Federação Olímpica da Alemanha

Lê também