Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

"Ocarina of Time não é assim tão bom"

Criador da série acha que título da N64 engrandeceu-se na memória dos jogadores.

Eiji Aonuma, director da série desde o revolucionário "Ocarina of Time", consegue ser sempre notícia. Em entrevista concedida ao jornal espanhol El Mundo, o japonês fala sobre o jogo da Nintendo 64.

"As coisas do passado passam a ser as nossas memórias do passado e ali dentro ficam cada vez maiores. Se agora jogares a Ocarina of Time, dás conta de que não é um jogo assim tão bom. Há momentos em que Link não se movimenta tão rápido como deveria, os gráficos não são tão bonitos como deveriam, e existem partes confusas... Agora qualquer Zelda é tecnicamente superior."

No entanto Aonuma está ciente que este continua a ser o jogo mais valorizado de toda a série e que ultrapassá-lo não é tarefa fácil. "Para ultrapassar aquele Zelda de Ocarina of Time, o que é preciso fazer é uma mudança comparável aquela que se viveu naquela altura. E isso é algo bastante complicado."

Depois de lhe ter perguntado sobre um possível remake do mítico "Ocarina of Time", Aonuma confessa que cada novo Zelda é considerado como que um remake do anterior, no sentido de que procura sempre polir as falhas e as limitações encontradas.

"Acho que com os sucessivos jogos de Zelda fui corrigindo todos os erros e deficiências que via em Ocarina of Time. Em cada Zelda tentei ir acrescentando coisas que naquela altura não se podia fazer. Na realidade é como se estivesse a fazer um remake ao longo destes anos. Se me perguntas se vai haver um remake de Zelda, eu respondo que acredito que tenho estado sempre a fazer isso."

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários