Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

O que estamos a jogar - 21 de maio

A semana de mais um triunfo.

Olá, estamos de regresso com a nossa rúbrica semanal, na qual falamos de alguns dos jogos que temos jogado nas últimas semanas ou que ainda estamos a jogar.

Estes são os jogos que nos entusiasmam e que não conseguimos resistir a jogar, vendo as horas passar a voar.

Há sempre aquele jogo especial que não conseguimos largar, especialmente numa era de jogos que recebem conteúdos e atualizações meses ou anos depois do lançamento.

Há sempre aquele clássico que queremos repetir ou até mesmo descobrir pela primeira vez, um guilty pleasure que nos captura sem explicação ou uma ramificação de uma série popular para um novo género que queremos investigar.

Seja numa consola, PC ou até no mobile, há sempre algo que desperta a nossa empolgação e estamos constantemente à procura da próxima grande experiência que nos vai deslumbrar.

E tu, o que tens andado a jogar nestes últimos tempos? Nós queremos saber.


F1 2021

O início do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 tem sido bem diferente do que estávamos habituados nos últimos anos, uma Ferrari muito competitiva, a Red Bull com problemas de fiabilidade, e a Mercedes um pouco perdida. É com este pano de fundo que esta semana decidi dar umas voltas em F1 2021 da Codemasters. Curiosamente senti um regredir em termos de entusiasmo, pois há umas semana tive a oportunidade de experimentar em primeira mão o próximo jogo da série, o F1 22. Após as primeiras voltas esqueci completamente da existência de um novo jogo no horizonte próximo. Saboreei cada volta dada, com a adrenalina a entrar em ação assim que se domina o carro em cada curva da pista à procura de ir além dos nossos limites.

Adolfo


MLB: The Show 22

Esta semana dediquei-me um pouco mais a MLB: The Show 22. Os desafios da semana estavam atrasados, existem mais equipamento City Connect para ganhar e acima de tudo o desafio de alguns dos Momentos continuam a divertir-me. Enquanto jogava outras coisas, não prescindi do meu tempo em MLB: The Show 22, que acabou por ficar um pouco de lado devido ao meu inesperado namoro com Gran Turismo 7. Ainda assim, tento cumprir os Momentos e acabar a Road to October com os LA Dodgers. Ansioso pelo desafio em que teremos de imitar Trevor Story e conseguir 3 Home Runs num só jogo com o 2B dos Red Sox.

Bruno


Forza Motorsport 7

Jogo Forza Motorsport praticamente desde o primeiro jogo da Xbox, uma alternativa realista ao arcade e tolerante Project Gotham Racing. Com uma evolução muito sustentada e apoiada numa condução desportiva e bastante capaz, alcançou o seu maior patamar na sétima incursão. Apesar dos anos, mantém intactas muitas qualidades, especialmente em ritmo e física. Jogado numa Xbox Series X, algumas das suas características saem reforçadas, especialmente a cadência de fotogramas por segundo, o que se traduz numa imagem mais robusta. Com as suas múltiplas provas e classes de automóveis, as corridas são infinitas. E com a incrível funcionalidade Quick Resume, é como se jogassemos sem loadings e sem passar pelo ecrã de carregamento inicial, que numa Xbox One era bem demorado. Os tempos de loading agora resumem-se ao tempo da paragem para mudança de pneus de um Red Bull numa corrida de F1.

Vítor

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários