Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

O efeito de jogos como TMNT: Shredder's Revenge não pode ser menosprezado

O verão das Tartarugas e a satisfação do geek que há em ti.

Para uma criança na década de 90, era praticamente impossível não conhecer as Tartarugas Ninja, um fenómeno mundial inspirado nas bandas desenhadas do mesmo nome, mas que ficou popularizado com a série de animação que estreou em 1987 e durou 9 anos com novos episódios transmitidos diariamente para maravilhar jovens em todo o globo.

Os que acordavam aos sábados de manhã para assistir aos desenhos animados na televisão, numa era distante em que não era possível ver o que queremos à hora que queremos, tinham um preferido, mas o melhor de todos os "macacos" como alguns lhes chamavam, eram mesmo estas Tartarugas. Como seria de esperar, começaram a surgir os videojogos e alguns sortudos tiveram a oportunidade de jogar títulos como Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time, da Konami, que ainda hoje é visto como um clássico acarinhado.

O merchandising era mais do que muito, tal como nos dias de hoje, desde figuras de ação a bolas para a praia, mas as Tartarugas Ninja eram um fenómeno de tal magnitude que até filmes live-action foram feitos. Entre 1990 e 1993 foram apresentados 3 filmes e também eles deslumbraram. Mesmo vistos hoje, são filmes divertidos e que talvez fiques ainda mais surpreendido ao pensar que foram feitos no início da década de 90, muito distante da era do CGI em que vivemos.

Toda esta longa introdução serviu para chegar a Shredder's Revenge, o mais recente jogo da Dotemu. A produtora francesa decidiu fazer o mesmo que fez com Streets of Rage e recrutou a Tribute Games para desenvolver um novo jogo que é muito mais do que pura maravilha nostálgica, é uma fatia de diversão que vais devorar. Inspirados pela animação original e pelos grandes clássicos da Konami, a Dotemu e a Tribute Games apresentam-te um jogo que é quase um sonho de ver em 2022.

Com gameplay altamente acessível, mas com profundidade para exigir bons reflexos e timing, é um beat'em up de estilo arcada que se tornou raro e muito precioso, com pixel art como aquela que deslumbrava na altura dos originais e que ainda hoje tem o seu espaço. Numa indústria que prolifera com a diversidade, Shredder's Revenge é mais uma amostra do talento da Dotemu, do quão compreende e ama as propriedades com as quais trabalha.

Num momento em que esperamos pela Cowabunga Collection da Konami para relembrar os clássicos, a Dotemu vai mais longe e mostra que um beat'em up clássico com estética clássica ainda pode ser do mais divertido que jogarás ao longo deste ano. Jogado com amigos é muito mais do que pura nostalgia, é diversão descomprometida que te lembra o que sentias quando não tinhas tantos anos e tantos jogos já acumulados. Lembra-te dos tempos em que não eras tão cínico e que já sentias saber o jogo todo só com um trailer de 3 segundos. Aquele tempo em que ficavas maravilhado com facilidade e sempre à procura de descobrir mais desta indústria.

A análise do Vítor é uma fantástica leitura sobre esta forte dose de bordoada arcada que a Dotemu e a Tribute Games proporcionam e o efeito mais espetacular que o jogo pode ter é o de precisamente relembrar o gosto pelas Tartarugas Ninja, de relembrar que foi um dos primeiros grandes casos de febre mundial da cultura pop. Imagina Stranger Things ou algo assim, mas no início da década de 90, eram as Tartarugas.

É por isso que considero que o valor de experiências como esta não pode ser subvalorizado, de forma alguma menosprezado, pelo contrário, deve ser enaltecido e glorificado. Estamos perante um fenómeno da cultura pop que marcou toda uma década que agora é novamente relembrado graças a um videojogo que consegue em pleno o seu propósito. Vai além da nostalgia e relembra o carinho que sentimos por estas personagens, o quão divertidas são e como adorávamos jogar estes jogos, para sentir que controlávamos um episódio dos desenhados animados.

Graças ao jogo, dou por mim a procurar bandas desenhadas para ler, filmes para ver (apenas os dois mais recentes, TMNT de 2014 e O Romper das Sombras de 2016, estão ao teu alcance, através da Netflix e Amazon Prime Video), mas através de plataformas como o Youtube podes ver cenas ou até a trilogia original live-action inteira. Dou por mim à espera da Cowabunga Collection, a querer jogar mais Shredder's Revenge com amigos e malta online, e até a procurar outros jogos como o da PlatinumGames.

Jogos como Shredder's Revenge têm o potencial de despertar o interesse em torno de um anterior fenómeno da cultura pop e até chamar a atenção de novas audiências, cativando a veteranos que há anos preservam o carinho por estas personagens e mostrando a muitos outros o quão porreiros são Leonardo, Raphael, Donatello e Michelangelo, eles próprios uma amálgama de alguns dos mais populares elementos da cultura pop dos Estados Unidos no final da era de 80.

Não esperava escrever uma carta de amor a um brawler pixel art em 2022, mas a Dotemu, Tribute Games e Tee Lopes certamente sabem o que fazem e demonstram uma imensa paixão para trazer Teenage Mutant Ninja Turtles de volta. Este jogo não é apenas para os fãs de sempre, Shredder's Revenge é também para uma nova geração que poderá sentir um pouco da paixão que os fãs de sempre sentiram na origem do fenómeno. Agora, vamos esperar que a Dotemu possa fazer o mesmo pelos X-Men.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Artigos

Artigos mais recentes