Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Novos detalhes de Dead Rising: Chop 'Till You Drop

Produtor em entrevista.

Minoru Nakai, produtor de Dead Rising: Chop 'Till You Drop, concedeu uma entrevista ao site Gamasutra e falou sobre o desenvolvimento do jogo e sobre as limitações e cuidados a ter quando se trata de um jogo originalmente lançado na Xbox 360 e que agora passa para a Wii.

A versão Wii de Dead Rising foi construída de raiz e Nakai considera por isso que é mais propriamente uma espécie de remake do que um port. O jogo corre numa versão modificada do motor usado em Resident Evil 4 Wii e apresenta agora uma perspectiva sobre o ombro, à semelhança de Resident Evil 4, perdeu a possibilidade de fotografar e apresenta menos inimigos no ecrã.

Nakai explica que coisas como as vozes permanecem iguais mas outras coisas como os modelos das personagens tiveram que ser alvo de adaptações. Uma vez que a Wii não consegue apresentar o mesmo número de polígonos que a Xbox 360, tiveram que manualmente reduzir o seu número para esta versão. No entanto o principal objectivo foi tornar o Wii Remote divertido de usar, Nakai revela que também quiseram tornar mais fácil de usar e controlar, mesmo para jogadores casuais. Para tal também foram implementados três níveis de dificuldade, fácil, normal e difícil.

Sobre o planeamento e adaptação do criar uma versão Wii de um jogo, Nakai explica que desde o início sabiam que não poderiam fazer certas coisas mas mesmo assim todos os dias surgem surpresas e imprevistos. Nakai dá como exemplo quando temos que levar os sobreviventes para a sala de segurança e tiveram que refazer os locais onde iriam por os inimigos para manter tudo mais interactivo. Coisas como a ordem de salvamento ou a localização dos sobreviventes foram alvo de ajustes e correcções para tornar tudo mais divertido e tudo foi feito para tornar esta versão mais acessível e agradável até para os jogadores casuais e não somente para os jogadores hardcore como considera ser o caso da versão original.

Nakai também revela que o tamanho do mapa é o mesmo mas que os zombies estão mais rápidos, foram introduzidos alguns inimigos novos e agora é mais fácil de atravessar entre os locais.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários