Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Novo Crackdown para a Xbox One não tem um número à frente

Porque é uma espécie de sequela do primeiro jogo.

O novo Crackdown para a Xbox One não tem um número à frente, portanto, não se chama Crackdown 3. Apesar de dar continuidade à série que teve início à Xbox 360, parece que o novo jogo está perto de ser uma sequela do primeiro jogo, não fazendo sentido atribuir-lhe o número 3.

Justificando a decisão de não ter um número no título, Ken Lobb, diretor criativo envolvido neste novo Crackdown, disse ao Eurogamer inglês que "às vezes é uma boa ideia ter um jogo com um subtítulo, mas em alguns jogos, e Crackdown é um exemplo perfeito, será realmente o número 3? É no futuro. É um sítio diferente, muito depois do primeiro jogo. Mas será o número 2? Será um universo diferente do segundo? Sim, é tipo uma sequela do primeiro".

Em adição, Ken Lobb adiantou que Crackdown para a Xbox One dará uso à tecnologia da Microsoft que usa o poder da cloud para destruir estruturas (podem ver o vídeo de apresentação aqui). Com esta tecnologia será possível atingir maiores níveis de destruição, e curiosamente, a apresentação da Microsoft era baseada no trabalho inicial feito para o Crackdown da Xbox One.

A destruição é precisamente um dos aspectos visualizados no primeiro trailer deste novo Crackdown, mas estamos perante um trailer CGI. Até agora a Microsoft ainda não mostrou um vídeo gameplay.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários