Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Nome The Evil Within registado para uso contínuo

Psycho Break.

Bethesda está interessada em manter viva a série The Evil Within.

A propriedade criada por Shinji Mikami, uma das maiores lendas dos videojogos, na Tango Gameworks pertence agora à Microsoft e poderá tornar-se numa das suas séries exclusivas, capazes de atrair mais jogadores.

The Evil Within 3 não está, infelizmente, confirmado oficialmente e as fracas vendas dos dois existentes jogos até podem deixar o futuro em risco, mas a Bethesda não parece estar prontas para desistir de uma propriedade com tamanho potencial.

Segundo descoberto recentemente, agradecimentos ao GamingBolt, em Agosto de 2020, a ZeniMax Media, antes de completar a venda à Microsoft, registou o nome The Evil Within para uso contínuo, sugerindo que estão a planear mais produtos nesta propriedade.

Isto não significa que o terceiro jogo esteja em desenvolvimento, a Tango ainda está a terminar Ghostwire, mas poderá servir como esperança para uma possível nova entrada na série em pré-produção.

Além disso, a Microsoft está agora no comando e poderá decidir que a propriedade é uma adição interessante ao seu portfólio, mas por enquanto ainda não temos nada e concreto, apenas o registo da marca.

Ficaremos atentos a possíveis novidades.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários