Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Nintendo fala do segundo ano mais tranquilo da Switch

"Existirão sempre momentos mais calmos".

A Nintendo Switch chegou às lojas a 3 de Março de 2017 e o primeiro ano da híbrida ficou marcado pelo lançamento de sensacionais exclusivos.

A Nintendo lançou títulos que foram altamente aclamados e que 20 meses depois ainda continuam a marcar presença entre os mais vendidos por todo o globo.

Desde jogos como The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Mario Kart 8 Deluxe, Splatoon 2 ou Super Mario Odyssey - que já vendeu mais de 12 milhões de unidades num ano, os primeiros 12 meses da Switch foram recheados de fortes lançamentos.

No entanto, o segundo ano foi ligeiramente mais calmo e não foram apresentados tantos jogos com esse elevado potencial de vendas ou o mesmo potencial para vender a longo prazo.

Na mais recente conferência com os investidores, onde explicou que não é realista esperar ver todos os blockbusters na Switch, Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, falou sobre este segundo ano mais calmo.

Enquanto Super Smash Bros. Ultimate e Pokémon: Let's Go prometem um final de ano em grande, os lançamentos da Nintendo para a híbrida foram de menor escala e isso é fácil de explicar - a Nintendo apostou no lançamento de grandes sucessos internos para o primeiro ano e precisou de mais tempo para desenvolver novos sucessos neste segundo ano.

"O ano fiscal anterior foi o primeiro após o lançamento da Nintendo Switch e durante esse tempo, lançámos uma sucessão de grandes títulos first-party que ajudou a manter o entusiasmo gerado em torno da Nintendo Switch," disse Furukawa.

"Se comparares este ano com o ano passado, ainda estamos a lançar novos títulos, mas o volume de vendas de cada título é de uma escala menor que a do ano passado. Isso é verdade. O desenvolvimento de jogos demora muito tempo, por isso existirão, inevitavelmente, períodos durante o ciclo da consola em que somos incapazes de lançar grandes títulos novos."

"Durante esses tempos, temos de assegurar uma variedade de diferentes métodos para preencher os espaços entre os lançamentos dos grandes jogos. Fazemos isso ao continuar a promover a venda de títulos lançados no ano anterior, lançado conteúdos adicionais, destacando o apelo da consola em si e usando serviços como o Nintendo Switch Online para manter o rácio de utilização da consola em alta."

Nesta apresentação com os investidores, Furukawa menciona ainda que a Nintendo pretende continuar a apoiar com mais conteúdos os grandes exclusivos da Switch e partilhou que a companhia trabalhará para melhorar o online.

Marcado com

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes