Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Nintendo - 121 anos de actividade

Hanafuda, brinquedos, videojogos!

Numa indústria recente que tem por base uma média de efemérides a rondar os 15, 20 ou 30 anos, é impressionante se considerarmos que hoje a Nintendo, com sede em Quioto, celebra 121 anos de actividade. Mais de um século depois da placa de inauguração, continua pujante e a dar cartas.

É natural que muitos não saibam, mas a Nintendo foi fundada em 1889 neste mesmo dia 23 de Setembro por Fusajiro Yamauchi. Nesse tempo a companhia tinha como negócio central a produção de cartas, baralhos que eram um fenómeno imensa popularidade no país, o chamado Hanafuda.

Mais tarde haveria de produzir brinquedos, entre outras especialidades que não conquistaram o mesmo sucesso (Yamauchi queria sempre tentar algo popular), mas foi a partir da década de setenta que a empresa da família Yamauchi passou a dedicar e centrar a sua actividade produtiva em torno dos videojogos, internacionalizando-se, através de pequenos aparelhos electrónicos que chegaram a todo o mundo como o Game & Watch. A partir daí a Nintendo encetou uma carreira com sucessos nas arcades e nos sistemas de vídeo domésticos.

Entre alguns momentos baixos, é contudo, pelo sucesso que se conta a maior parte da História da companhia, essencialmente pelo domínio no sector das portáteis. Depois desse "ex-libris" que foi a NES (Nintendo Entertainment System) e que só há uns bons anos deixou de ser fabricada no Japão a Nintendo voltou ao grande domínio com a Nintendo Wii, consola revolucionária que continua em senda crescente.

Para mais detalhes sobre as máquinas produzidas pela companhia fundada por Fusajiro Yamauchi visitem o site oficial português da Nintendo.

Sobre o Autor
Vítor Alexandre avatar

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Comentários