Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Naughty Dog vai ajudar outras produtoras

A terem qualidade semelhante a Uncharted 2.

A Naughty Dog, criadora de Uncharted 2, espera poder ajudar outras produtoras de jogos a conseguirem obter os mesmos resultados a nível técnico parecidos aos do seu jogo.

Em entrevista ao site Gamasutra, Neil Druckmann, desenhador chefe e escritor de Uncharted 2, disse que, "Temos uma equipa que neste momento desenvolve ferramentas para os estúdios internos da Sony e até mesmo para os estúdios third parties. Por isso esperamos começar a ver essa mudança, onde cada vez mais jogos que nem sequer são jogos first-party da Sony, começam a ter resultados técnicos semelhantes àqueles que temos. Vou gostar de jogar a mais jogos que se pareçam com Uncharted 2."

A Naughty Dog já era sobejamente conhecida como um estúdio que conseguia quebrar as barreiras das consolas da Sony, em Uncharted 2 os gráficos conseguiram superar os do jogo original. Druckmann explicou que o estúdio sempre quis puxar pelo hardware o máximo possível. "Nós re-escrevemos quase que por completo o nosso motor gráfico... o primeiro jogo usava apenas o GPU, e neste, já fomos capazes de utilizar outras coisas," disse ele.

"Tenho a certeza que as pessoas viram relatos no passado onde nós dizíamos que estávamos a usar 100% da PlayStation 3, e não estávamos a mentir ou a exagerar quando dissemos isso." No entanto Druckmann disse que o estúdio não pretende dizer com isso que a consola já foi puxada ao máximo. "O que nós queremos dizer é que nenhum dos SPUs está sempre inactivo. Eles trabalham a 100%, eles estiveram inactivos cerca de 70% do tempo em Uncharted 1, porque nós estávamos a usar apenas o GPU."

Ele continuou dizendo que, "Isso permite-nos colocar esses sistemas em paralelo e permite-nos criar sombras melhores, melhor ambiente, e muito melhores efeitos de profundidade, o que nos oferece um melhor trabalho na câmara de jogo do que tivemos em Uncharted 1. Tivemos mais compressão na nossa animação. Permitiu-nos empurrar todas estas coisas diferentes em diferentes direcções, e ainda existe espaço para melhorar, por isso o futuro parece-nos que as coisas ainda vão ser melhores."

Marcado com

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes