Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Namco não desistiu de Enslaved

Está a explorar novas oportunidades.

Enslaved: Odyssey to the West fui um daqueles jogos que recebeu boas críticas e no entanto, falhou em alcançar boas vendas. Segundo os últimos dados da Namco Bandai, revelados em Maio, Enslaved vendeu 730,000 unidades.

Apesar disto, Lee Kirton, diretor de marketing no Reino Unido, disse ao VG247 que a Namco Bandai ainda não abandonou a propriedade intelectual e está a explorar novas oportunidades.

"As vendas até foram boas a longo prazo, mas estava no nível que queríamos no princípio? Infelizmente não, e nós percebemos alguns dos problemas que podem ter causado isso," disse Kirton.

"Contudo, é um grande jogo com grandes visuais e talento britânico. Estamos a explorar novas oportunidades com Enslaved, é claro."

Kirton avisa para não julgarem o jogo pela demo, porque esta representa apenas uma pequena parte do jogo, e se gostaram de jogos como Heavy Rain, L.A. Noire e Uncharted, também gostarão de Enslaved, segundo ele.

Esta conversa com Lee Kirton surgiu após Enslaved ter ganho o prémio de melhor nova propriedade intelectual no Develop Awards.

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários