Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Monitor Curvo Xiaomi 34 - ultra wide para todas as carteiras

Mas será que é bom para jogar?

Os monitores de formato tradicional 16:9 continuam a ser o padrão e os mais procurados pelos consumidores, mas alguém que já tenha utilizado um monitor ultra wide de formato 21:9 sabe que é difícil voltar atrás. A palavra produtividade ganha outro significado quando tens um monitor ultra wide à tua disposição, permitindo ter múltiplas janelas ou programas abertos em simultâneo. Não perder alguns segundos a trocar de janela tem, no final do dia, um impacto considerável em qualquer trabalho que estejas a fazer. E para jogar também há vantagens, ainda que nem todos os jogos para PC tenham suporte nativo para este tipo de monitores.

Tradicionalmente, os monitores ultra wide sempre foram mais caros que os de formato tradicional. Ainda o são, mas felizmente há cada vez mais opções acessíveis. Se procurares "monitores ultra wide baratos" no Google, provavelmente uma das opções que vais encontrar é o Xiaomi Curvo de 34 polegadas. No que toca a especificações, cumpre as expectativas para um monitor orçamental. A maior ausência, principalmente para jogadores, é o HDR. Diga-se de passagem que ainda são poucos os monitores que têm HDR de qualidade, sendo que a maioria apresenta o HDR 400 (também conhecido informalmente como HDR falso, por ser de baixa qualidade).

Este Xiaomi Curvo de 34 polegadas tem desde logo várias coisas a seu favor. Uma delas é design minimalista, de bom gosto. Não vais encontrar os típicos ornamentos gamer como pequenos detalhes em cores vivas ou luzes a piscar. O monitor é todo feito da mesma cor, em preto. O plástico predomina a construção, afinal, não há milagres em monitores de baixo custo. O plástico não é um material tão rígido como metal, mas sentes que, apesar disso, o Xiaomi ultra wide ainda aguenta umas sérias pancadas antes de se partir (eu sei que ninguém compra monitores para lhes dar pancadas, mas é sempre bom saber que são resistentes no caso de acontecer algum acidente).

"Não vais encontrar os típicos ornamentos gamer como pequenos detalhes em cores vivas ou luzes a piscar"

O painel VA construído pela Samsung também é outro ponto a favor. Os painéis IPS são, neste momento, os mais predominantes do mercado. Embora cada tipo de painel tenha as suas vantagens e desvantagens, uma das maiores bênçãos de um painel VA é o seu contraste. O Xiaomi Curvo de 34 polegadas apresenta um contraste de 3000:1, o normal para este tipo de painéis. Tenho que sublinhar que o monitor precisou de uma minuciosa calibração para começar a mostrar as suas forças. Com as definições de fábrica, a imagem tinha um aspecto desgraçado, como se uma filtro cinzento cobrisse o ecrã (fica o aviso para quem considerar adquiri-lo).

É um bom monitor para jogar?

O Xiaomi Curvo de 34 polegadas é um monitor aceitável para jogar. Não é o melhor que vais encontrar, mas se procuras algo para aliar produtividade a umas sessões imersivas de videojogos sem esvaziares completamente a carteira, é uma opção a ter seriamente em conta. No que toca a monitores de baixo custo, todos terão alguns compromissos, cabendo a cada um analisar se realmente afectarão a sua experiência. Para mim, neste caso em concreto, o maior compromisso deste monitor da Xiaomi é a reprodução e a precisão das cores. Acho que todos concordamos quando digo que os videojogos estão cada vez mais bonitos e com paletes de cores mais expressivas e cuidadosamente seleccionadas. Neste quesito, o monitor fica um pouco aquém e jogos vibrantes como Forza Horizon 5 perdem ligeiramente o seu esplendor.

Apesar disto, compensa noutras características. O contraste das imagens apresentadas é notável, bem como a uniformidade dos pretos. Geralmente, este tipo de monitores costumam ter sangramento de luz nas arestas e cantos, mas na unidade que testámos era quase imperceptível, mesmo numa sala escura. De referir ainda que tem taxa de actualização de imagem de 144 Hz, resposta de 4 Ms, e compatibilidade com AMD FreeSync. O software para alterar as definições é simples, funcional e fácil de entender; a única queixa, e onde se nota novamente um corte para reduzir o preço, é nos botões traseiros. A maioria dos monitores já tem um joystick para facilitar a navegação pelos menus, o Xiaomi Curvo não tem.

Um campeão da relação qualidade / preço

Mesmo com os pontos fracos apontados, o Xiaomi Curvo de 34 polegadas não deixa de apresentar uma óptima relação entre qualidade e preço. Neste momento, podes adquiri-lo por 449.99€ na Mi Store. Por este preço, é realmente complicado encontrar uma alternativa que tenha a mesma resolução. Há várias propostas de outras marcas, mas quase todas apresentam a resolução inferior de 2560 x 1080, que já não é adequada para os padrões actuais. Para além dos pontos positivos apontados, gostaria de salientar o fácil sistema de arrumação de cabos e o suporte que ocupa pouco espaço na secretária. Em termos de ergonomia, pode inclinar 15º para trás e 5º para a frente, girar 40º e ajustar a altura. Também é compatível com um suporte VESA (adquirido à parte).

Como remate final, e se estás com dúvidas sobre se este monitor é para ti, não te esqueças que um monitor ultra wide, quando usado para videojogos, exige bastante da placa gráfica. Não vale a pena comprares um monitor ultra wide se o teu PC não consegue aproveitar o tamanho extra do ecrã para te dar mais imersão. Por outro lado, se a principal função do monitor será produtividade, aí não tens que te preocupar tanto com o hardware. Seja como for, este monitor da Xiaomi é uma forma barata de entrar neste maravilhoso mundo dos monitores ultra wide. Como disse no início da review, não há como voltar atrás sem sentires um downgrade.

Especificações do Xiaomi Curvo de 34 polegadas

  • Resolução: WQHD (3440 x 1440)
  • Ecrã Curvo 1500R
  • Tipo de Painel: VA
  • Contraste: 3000:1
  • Taxa de actualização: 144 Hz
  • Tempo de resposta: 4 ms
  • Brilho: 300 nits
  • Espectro de cor: 85% NTSC
  • Entradas: HDMI 2.0 x2 | DP 1.4 x2 | Audio x1 | AC In x1
  • Colunas de som: Não
  • PIP e PBP: Sim

Descobre como realizamos as nossas análises, lendo a nossa política de análises.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Análises

Artigos mais recentes