Skip to main content

Stellar Blade | Exclusivo PlayStation 5

Reserva Já - Lançamento a 26 de abril

Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

MLB The Show 24 - Como voltar ao mesmo balneário

Uma experiência melhorada, mas muito familiar.

MLB The Show 24 é uma experiência muito familiar, mas com o sensacional modo Storylines, as melhorias nas animações e o refinar de alguns modos, consegue tornar-se num melhor jogo do que os anteriores, que lhe servem de base

A Sony San Diego Studio apresentou recentemente MLB: The Show 24, o seu mais recente esforço na série de jogos de basebol, através dos quais tenta recriar a paixão pela modalidade na vida real. Como um jogo de desporto lançado a ritmo anual, já contamos com novidades limitadas e uma experiência muito familiar, o que remove muito do impacto dos elogios, mesmo que a qualidade alcançada seja a melhor dos últimos anos.

Através de crescentes esforços, numa inevitável continuidade, a San Diego Studio focou-se em melhorar os modos existentes, sem apostar em algo novo, mas ainda assim conseguiu melhorias, mesmo que pequenas ou difíceis de distinguir, com especial destaque para “Storylines”. Este modo, introduzido no ano passado e uma variante de “Momentos”, conseguiu ascender a uma escala na qual se transforma numa espécie de documentário interativo. É um dos pontos altos de MLB: The Show 24.

Seja criar um jogador para tentar transitar das Minors para as Majors em Road to the Show, criar uma equipa de sonho com as constantes novas “cartas” que a SSD Studio lança em Diamond Dynasty, gerir uma equipa em Franchise ou sentir a pressão dos momentos decisivos com a tua equipa favorita em March to October, entre outros modos, MLB: The Show 24 é uma experiência dedicada aos maiores adeptos da modalidade, mas Storylines merece a atenção de todas as equipas focadas na recriação de desportos em formato digital.

Para pessoas como eu, que despertaram para o basebol da MLB há meia dúzia de anos, existe um enorme historial para aprender. Seja para recentes ou futuros adeptos, a MLB e a SSD Studio continuam a fazer um importante esforço para partilhar a história dos grandes atletas. Na edição de 2023, as Negro Leagues tiveram destaque especial nas Storylines, para dar a conhecer ao mundo muitos atletas que merecem destaque pelo seu contributo histórico a este desporto.

Em 2024, o modo foi expandido para mostrar ainda mais. O trabalho feito na Storyline de Derek Jeter é espetacular, é um autêntico documentário, no qual vais interagir para recriar os momentos mais marcantes da carreira de um dos melhores jogadores de sempre da MLB. O Shortstop dos Yankees contribuiu para este projeto e fala destes momentos que jogas, numa espécie de documentário interativo.

Com um gameplay muito familiar, no qual encontras pequenos ajustes sobre mecânicas específicas, mas desprovido de muitas novidades dignas de relevo, MLB: The Show 24 permanece tão divertido e envolvente quanto o jogo do ano passado, mas com as equipas atualizadas. Até mesmo a qualidade gráfica continua a oscilar fortemente, em alguns momentos consegue um belo efeito de tom realista, para logo em seguida deitar tudo por terra com planos de câmara focados nas fracas caras dos atletas ou treinadores, sem esquecer a qualidade fraquíssima nos ativos usados nos estádios e cenário ao seu redor.

Ver no Youtube

Ainda assim, jogar MLB: The Show 24 é como chegar ao Openning Day com a esperança que este ano os Blue Jays vão conseguir chegar aos Play-offs. É começar um novo ano, com novo vigor e uma reforçada crença que desta vez estaremos melhores, faremos mais. Mesmo que a equipa seja praticamente a mesma, sem grandes novidades de relevo capazes de aumentar a probabilidade de um melhor lugar na divisão, estamos aqui para mais uma temporada, com imenso otimismo.

Conclusão

MLB: The Show 24 é um jogo com várias melhorias sobre o anterior, seria injusto para todos os que trabalharam nele dizer o contrário, especialmente devido às novas animações e aos esforços no modo Storyline, onde tens o que pode ser descrito como documentários interativos. No entanto, é uma experiência muito familiar, desde os menus aos modos de jogo, no qual poderás sentir mais uma vez que está na hora da Sony San Diego efetuar melhorias significativas, especialmente a nível gráfico. De qualquer das formas, continuarei nos próximos meses a tentar chegar à Major e a torcer pelos “meus” Blue Jays.

Prós: Contras:
  • Modo Storylines é uma série de documentários interativos
  • Capaz de bons momentos gráficos
  • Novas mecânicas que tornam mais intensos vários momentos em Road to the Show
  • Gameplay fácil de aprender e difícil de dominar através da dificuldade dinâmica
  • Permite descobrir e aprender sobre o basebol dos Estados Unidos
  • Qualidade gráfica oscilante, especialmente as faces dos jogadores
  • Poucas novidades sobre a edição anterior

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

Descobre como realizamos as nossas análises, lendo a nossa política de análises.

In this article
Awaiting cover image

MLB The Show 24

PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S, Nintendo Switch

Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.
Comentários