Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Microsoft quer a comparência da Sony na audiência com a FTC

Devido à compra da Activision-Blizzard.

A compra da Activision-Blizzard pela Microsoft continua a dar que falar.

Resumindo de forma muita breve, a Microsoft pretende comprar a empresa por trás de sagas como Call of Duty e World of Warcraft mas a FTC (uma reguladora americana) decidiu impedir essa aquisição e forçou uma audiência que decorrerá ainda este ano. Hoje, surgiram mais informações.

A Microsoft intimou a Sony - essencialmente uma ordem legal para comparecer em tribunal - o que significa que a dona da PlayStation precisará de se preparar para fornecer os seus próprios dados durante a audiência. Isto foi emitido a 17 de janeiro e a Sony solicitou uma prorrogação até 27 de janeiro para preparar a sua resposta.

A Microsoft tem até 7 de abril para construir a sua defesa e colecionar informações para apoiar a aquisição. Parte dessa defesa aparentemente gira em torno da Sony e das suas capacidades de produção, embora a extensão do que a empresa tem a divulgar ainda esteja em negociações.

A Sony e a Microsoft são dois pesos pesados no mercado de consolas, com a primeira a opor-se veementemente a esta aquisição. De qualquer das formas, a compra da Activision-Blizzard já foi autorizada em múltiplos países por todo o mundo, como Brasil, Chile ou Arábia Saudita.

A audiência da FTC está marcada para o dia 2 de agosto, onde a Microsoft precisará de convencer o órgão do governo de que o negócio não prejudicará a indústria e os seus concorrentes.

Veremos como este caso se desenrola.

Fonte: Games Industry Biz

Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários