Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Michael Pachter acredita que a PS5 será mais cara do que a Xbox Series X

A Microsoft vai vender a sua consola com prejuízo.

Neste momento, nem a Sony nem a Microsoft revelaram ainda o preço para as suas consolas da próxima geração. Perante este cenário, há obviamente muita especulação em torno do valor que será cobrado ao consumidor.

Uma perspectiva interessante é de Michael Pachter, o analista da Wedbush Morgan que se especializou na indústria dos videojogos. Pachter disse recentemente numa conversa com Geoff Keighley no Periscope (via GamingBolt) que parece provável que a PS5 vá custar $500.

"Do que tenho visto, a Sony vai ter que cobrar $500 pelas suas PS5s, enquanto Microsoft tem um grande balanço. Se quiserem cortar o preço em $100, vender a consola com prejuízo e subsidiar os primeiros dez milhões, eles vão fazer isso," comentou Pachter.

Tanto a Sony como a Microsoft são companhias que têm negócios que vão além dos videojogos. O que Pachter está a sugerir é que a Microsoft vai usar o excedente de outras divisões para financiar a divisão dos videojogos, conseguido colocar-se numa posição de vantagem em relação à Sony.

O preço no lançamento faz, de facto, diferença na adopção dos consumidores, tal como ficou provado no início desta geração. A Sony começou a vender a PS4 por 400 euros, enquanto a Microsoft optou por 500 euros para a Xbox One (que inicialmente trazia o Kinect, encarecendo o valor do pacote).

A PS4 é actualmente a consola mais vendida desta geração.

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários