Skip to main content

Massive fala sobre tecnologia gráfica de The Division

Permite incluir elementos jogáveis de forma imediata.

The Division tornou-se rapidamente num dos jogos mais apetecíveis para o próximo ano, principalmente pela sua espetacular tecnologia.

A surpresa ainda é maior quando vemos que se trata de um estúdio relativamente pequeno como é o caso da Massive, que reconheceu que para desenvolver este jogo de aventura, acção e RPG multijogador, criou ferramentas gráficas que lhes permite trabalhar sem muitas complicações.

Uma das grandes qualidades do seu motor Snowdrop Engine é que permite integrar de forma imediata qualquer elemento novo jogável, dando-lhes assim a oportunidade de testar antes de continuar a trabalhar sobre uma determinada ideia.

No blog oficial da Ubisoft pode-se ler, "A Massive é um estúdio mais pequeno do que o seu nome sugere, por isso precisávamos de construir um motor gráfico de nova geração que desse à equipa um grau de flexibilidade e eficiência sem precedentes."

A ideia para o novo motor gráfico era a de criar ferramentas que permitissem fazer as coisas de forma mais inteligente, sem ter que ser necessário ter muita gente a trabalhar nelas.

Sobre esse assunto a equipa explica que a tecnologia de The Division assenta em três pilares essenciais, "poder, tempo real e diversão. Cada coisa que os produtores criem pode ser integrada in-game de forma instantânea, de tal forma que possam saber instantaneamente de que modo essa coisa funciona sem perder tempo."

"Desenhámos o Snowdrop para que o programa fosse sempre jogável durante o desenvolvimento. Isso não nos permite só obter a melhor qualidade possível, como também atingir um grande nível de coerência dentro do jogo."

Lê também