Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Mais de 3 mil pessoas trabalham em Call of Duty

Sim, mais de 3 mil.

A Activison revelou que mais de 3 mil dos seus funcionários estão dedicados a trabalhar na série Call of Duty, uma das mais populares em todo o mundo e uma série que continua a colocar jogos entre os mais vendidos a cada novo ano, sem esquecer Warzone e Call of Duty para dispositivos mobile.

Isto significa que mais de 30% dos funcionários da Activision Blizzard estão a trabalhar na série Call of Duty, especialmente porque a companhia está a delinear o mais ambicioso plano traçado na história da série (obrigado ao Tweak Town).

O regresso ao cenário Modern Warfare com a sequela do reboot de 2019 a caminho das lojas ainda em 2022 é visto como a grande esperança para recuperar as vendas perdidas com Vanguard e a Activision tem grandes planos para esta série de sucesso.

A Activision emprega mais de 9800 mil funcionários a tempo inteiro e 68% deles estão dedicados a trabalhar em tecnologia para o desenvolvimento dos videojogos que chegam às lojas.

Apesar de ter confirmado oficialmente o nome do novo Call of Duty, a Activision e a Infinity Ward ainda não revelaram nada do jogo.

De acordo com fontes não oficiais, isso está agendado para o início de junho e será cabeça de cartaz num dos grandes eventos e verão.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários