Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Konami diz que os grandes jogos de consola ainda são o mais importante

Está a trabalhar em vários jogos em propriedades conhecidas.

Pode não parecer, mas a Konami ainda acredita que os grandes e ambiciosos jogos de consola são o mais importante na indústria.

Desde Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, lançado em 2015, que a Konami não apresenta um AAA - apesar das incríveis propriedades no seu catálogo, mas afirma que está a desenvolver, em segredo, jogos de alto perfil.

Apesar destes 4 anos sem apostar nas épicas produções de outrora, a Konami está de boa saúde financeira e desfruta de sucesso graças a jogos como PES e Yu-Gi-Oh. No entanto, está a preparar o regresso de jogos AAA.

Masami Saso, presidente da Konami Europe, afirmou que, eventualmente, a companhia voltará a trabalhar nas suas "propriedades intelectuais mundialmente famosas."

"Mesmo com as novas plataformas a caminho, acreditamos que os jogos de elevada qualidade para consola são o mais importante," diz Saso.

"Desafiamo-nos por ideais e tecnologia inovadora nos nossos jogos de consola e aplicamos isso a outros dispositivos, continuaremos a colocar esforços nos nossos jogos de consola."

Saso disse ainda que estão a desenvolver projectos que ainda não foram revelados.

"Temos planos para aumentar o nosso catálogo. Além de jogos multi-dispositivos para PES e Yu-Gi-Oh, temos planos para trabalhar em projectos noutras propriedades intelectuais globalmente famosas no futuro próximo."

Depois de Metal Gear Survive, o uso de "propriedades famosas" por parte da Konami poderá não gerar o mesmo entusiasmo que gerava há alguns anos atrás, mas pelo menos mantém a esperança de novos Castlevania.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários