Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Konami deixa de ser editora de Six Days in Fallujah

Companhia não aguentou a pressão e as criticas.

A Konami anunciou que vai deixar de editar o jogo Six Days in Fallujah.

O jogo iria recontar a controversa batalha entre as forças norte-americanas e as guerrilhas iraquianas na cidade de Fallujah em Novembro de 2004.

Desde que o jogo foi anunciado pela primeira vez em Abril, muitos foram aqueles que o criticaram. Principalmente as famílias dos militares, que se queixavam que o jogo seria uma afronta para aqueles que lutaram no Iraque.

Um porta voz da Konami disse ao site japonês Asashi que, "Depois de vermos a reacção que os Estados Unidos tiveram para com o videojogo e de termos ouvido as opiniões que nos enviaram através de chamadas telefónicas e e-mail, decidimos, há dias atrás, que não o iríamos colocar à venda."

"A nossa intenção era a de transmitirmos a realidade das batalhas aos jogadores para eles poderem sentir como é que foi lá estar."

A Atomic Games, produtora norte-americana que está a trabalhar no título, vai tentar encontrar uma nova editora que consiga aguentar a pressão e as criticas deste polémico jogo. Se tal não acontecer, então o mais certo é o título nunca ver a luz do dia.

Quando a Konami era a editora do jogo, ele estava a ser desenvolvido para PC, Xbox 360 e PlayStation 3 e seria lançado em 2010.

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários