WORTEN - DESCONTO IGUAL AO IVA

Válido em consolas, televisões, computadores, e mais

Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Kinect deixou de ser fabricado

Digam adeus ao controlador por movimentos da Microsoft.

É oficial, o Kinect está morto e enterrado para a Microsoft.

O website Co.Design adianta que Alex Kipman, criador do Kinect, e Matthew Lapsen, responsável pelo marketing dos Xbox Devices, confirmaram numa entrevista que a Microsoft parou o fabrico de novas unidades do Kinect.

O Kinect fez a sua estreia com a Xbox 360, tentando aproveitar o mercado casual criado pela Wii, a consola que trouxe os controlos de movimentos para os videojogos. Embora fosse meramente um acessório opcional na Xbox 360, a Microsoft tornou-o obrigatório com a Xbox One, incluindo o dispositivo em todas as consolas.

No entanto, isto tornava a consola mais cara. A Xbox One custava 500 euros no lançamento, mais 100 euros do que a rival PlayStation 4. Eventualmente a Microsoft tornou novamente o Kinect opcional, o que lhe permitiu competir em termos de preço com a PlayStation 4. Desde então que o Kinect perdeu relevância e caiu no esquecimento.

Entretanto, a Microsoft virou a sua atenção para o Hololens, um dispositivo de realidade aumentada que tira partido de conhecimentos adquiridos com o Kinect.

Tópicos neste artigo

Segue estes tópicos e nós enviamos-te um e-mail sempre que publicarmos algo novo sobre os mesmos.  Gerir as definições de notificações. .

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários