Skip to main content

Kinect ajuda pacientes com Doença de Parkinson

O dispositivo da Microsoft encontra nova casa na medicina.

Investigadores da Universidade de Brunel, em Londres, desenvolveram um novo sistema para ajudar pacientes com doença de Parkinson usando o Kinect, o (desafortunado) periférico que detectava os teus movimentos, sem ser necessária a utilização de um comando.

O Kinect é, de facto, usado para ajudar pessoas com Parkinson a superar os problemas debilitantes da doença, permitindo a monitorização e detecção do "congelamento da marcha" (algo apelidado de FOG) nos pacientes que sofrem com a condição. O sistema idealizado pelos investigadores projecta raios visuais no chão através do uso de um laser, de modo a corrigir a marcha e melhorar os movimentos dos pacientes.

Através dos seus sensores, o Kinect consegue determinar com precisão os ângulos dos joelhos e a posição da cabeça, permitindo assim prever a marcha do sujeito e oferecer uma correcção muito mais precisa dos seus movimentos do que era possível fazer no passado.

O uso do Kinect em campos médicos já não é propriamente recente. Qual a tua opinião sobre a aplicação deste tipo de dispositivos fora da área em que foram originalmente concebidos?

Lê também