Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

5 jogos da Sony que mereciam mais um remake do que The Last of Us

Há tantas séries desaparecidas.

O anúncio de The Last of Us: Parte I (mais conhecido por The Last of Us Remake) para a PS5 está a dividir os fãs. De um lado, temos aqueles que estão entusiasmados por jogar novamente o título original da PS3, mas agora com uma qualidade maior; do outro, há quem considere que é demasiado cedo para lançar um remake, até porque existe uma remasterização de The Last of Us para a PS4 que permanece perfeitamente aceitável para os padrões actuais.

De facto, um olhar atento à lista de propriedades adormecidas da Sony mostra que há vários títulos que precisavam ou mereciam mais um remake do que The Last of Us. A táctica da Sony parece ser aproveitar a exposição que a série da HBO vai trazer, deste modo, tem um produto novo nas lojas para alavancar o entusiasmo de novos e antigos fãs. Como jogada de negócio, é compreensível, mas ainda assim preferíamos que a Sony tivesse apostado em remakes dos seguintes jogos.

Killzone

O título mais recente da saga Killzone foi lançado para a PS4 em Novembro de 2013, coincidindo com o lançamento da consola. Desde então, a Guerrilla Games tem-se dedicado a Horizon, que está agora no segundo jogo e já se tornou numa das séries de maior sucesso da Sony. Killzone caiu no esquecimento, mas a PS5 representa a oportunidade ideal para recuperar a série, até porque não há nenhum FPS no catálogo de títulos first-party da Sony. O primeiro Killzone foi lançado na PS2 em Novembro de 2004. Um remake para a actual geração de consolas era bem-vindo e uma forma de reenergizar a saga.

inFamous

Graças aos esforços da Marvel e da DC Comics para fazer adaptações para o cinema, os super-heróis nunca foram tão populares como agora. Embora a Sony já tenha um jogo fortíssimo no seu catálogo deste género (Spider-Man da Insomniac Games), a série inFamous tinha particularidades únicas. Na pele de Cole MacGrath, podíamos utilizar os nossos poderes eléctricos para o bem ou para o mal, alterando o final. A série está desaparecida desde inFamous First Light, lançado em Agosto de 2014 e que serviu de expansão para inFamous Second Son. Um remake do primeiro inFamous tem um potencial tremendo.

Siren

Com o desejo que há para novos jogos de terror, não sei como a Sony não decide recuperar Siren. O jogo foi criado pelo Japan Studio e, apesar de nunca ter sido dos mais aclamados do catálogo, era assustador e tinha potencial. O último jogo da série foi lançado na PS3 em Julho de 2008, chamado Siren: Blood Curse, e era uma reimaginação do primeiro jogo da PS2, adaptando e dramatizando os eventos do original. Depois da Konami ter cancelado Silent Hills, há mais interesse do que nunca em jogos de terror. Não fazer um remake de Siren é uma oportunidade desperdiçada.

Jak & Daxter

Bastava olhar para o catálogo da Naughty Dog para encontrar um jogo que merecia mais um remake do que The Last of Us. Jak & Daxter é uma das propriedades mais adoradas da geração da PS2 e há muito que os fãs pedem um remake ou continuação. Como se passou tanto tempo desde o último jogo (Jak and Daxter: The Lost Frontier, de 2009), o ideal seria um remake para apresentá-lo a uma nova audiência. Ratchet & Clank já teve o tratamento de remake em 2016, porque não fazer o mesmo com Jak & Daxter?

Motorstorm

É a propriedade mais injustiçada no catálogo da PlayStation. Podemos dizer que morreu com Motorstorm Apocalypse, o terceiro jogo da série, que introduziu desastres naturais a meio das corridas. Infelizmente, o período de lançamento do jogo coincidiu com o terramoto e consequente tsunami de 2011 no Japão, levando a Sony a cancelar todas as iniciativas de marketing no mundo inteiro (em alguns mercados, o jogo foi mesmo adiado indefinidamente). Foi um desastre de vendas, como seria de esperar. Um remake seria o melhor remédio para reanimar este colosso adormecido.

Achas que há outros jogos da Sony que mereciam mais um remake do que The Last of Us? Então diz-nos quais na secção de comentários.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários

More Artigos

Artigos mais recentes