Skip to main content

Jogo do fim de semana: Tales of Xillia 2

Ludger o' clock!

Image credit: Bandai Namco

Boas companheiros, como vai esse fim de semana? Espero que estejam a aproveitar ao máximo e com um bom videojogo a acompanhar claro. Aqui estamos em mais um fim de semana e apesar de muitos terem todos os dias para aproveitar, muitos outros apenas podem desencadear toda a sua paixão videojogável ao fim de semana.

Assim sendo, fica aqui a pergunta: o que estão a jogar este fim de semana? Ainda estão de volta dos mesmos jogos? Estão já em novas aventuras ou estão à espera da chegada da Xbox One para dar o salto de gerações? A vossa consola PlayStation está a transportar-vos para novos mundos? Estão já a preparar o pescoço para o cachecol de Hyrule?

Por aqui comecei agora mesmo a conhecer Tales of Xillia 2, cuja análise espero poder apresentar em breve. A mais recente obra do estúdio de Hideo Baba segue diretamente o original, que nos chegou em Agosto de 2013, mas aqui vamos conhecer novos personagens. Altamente divertido, com um gameplay que é um vício e um enredo meio parvo, o original encantou-me e a sequela parece seguir o mesmo caminho.

Já disponível. Análise Eurogamer a caminho.

Enquanto espero por Tales of Zestiria, Xillia 2 revela-se o prato que estava mesmo a precisar para saciar a minha fome. As primeiras impressões são mais do que favoráveis e parece melhorar em tudo sobre o primeiro. Mostra algumas das mesmas fraquezas mas mostra-se ainda superior no que de bom sabem fazer.

Para hoje de tarde já está preparado Only Yeasterday de Isao Takahata, película de 1991 que me servirá de companhia para estes dias mais preguiçosos. No entretanto, Ludger e companhia estão já à minha espera para retomar a jornada direção a Rezie Maxia e descobrir todos os mistérios, principalmente os que dizem respeito a Julius. Já disse que estou a adorar o sistema de missões secundárias?

Lê também