Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Jack Tretton: O preço da PS3 foi um problema

Antigo presidente da SCEA diz que teria sido mais fácil fazer uma PS2.5.

Jack Tretton, o antigo presidente da Sony Computer Entertainment America, continua a oferecer-nos uma visão interna do seu tempo no seu antigo cargo. Desta vez Tretton falou sobre o lançamento da PlayStation 3 e reconheceu que, apesar da qualidade que oferecia, o preço da consola foi um problema.

Em entrevista com o IGN, Tretton assinalou que após o sucesso da PlayStation 2, teria sido mais fácil fazer uma espécie de PlayStation 2.5, mas a Sony tinha planos muito mais ambiciosos. Isso trouxe muitos custos à companhia que acabaram por elevar o preço da consola no seu lançamento.

"O período da PS2 para a PS3 foi o mais intenso da minha carreira, pelo menos na Sony. Tivemos um sucesso estrondoso com a PS2; penso que tínhamos mais de 60% ou 70% do mercado a nível mundial. Era a plataforma mais bem sucedida da história, como é que fazes um sucessor disso? O mais fácil teria sido criar uma PlayStation 2.5; algo que fosse melhor mas que mantivesse a mesma linha," assinalou Tretton.

Após a PlayStation 3 ter sido lançada a Sony também teve que enfrentar a rival Xbox 360, uma consola mais barata e que já estava no mercado há um ano. "Possivelmente foi o cenário de lançamento mais complicado que podias imaginar, sabendo que a Xbox 360 já estava disponível e que a tua consola era muito mais cara do que querias," mencionou o antigo presidente da Sony.

Outro problema assinalado por Tretton, passava pelo facto dos designers da PlayStation 3 em Tóquio estarem decididos sobre a forma como a consola devia funcionar em termos técnicos, não aceitando qualquer tipo de feedback.

Para ele tudo foi mais complicado já que foi nomeado presidente da SCEA poucos meses antes do lançamento da PlayStation 3. Na entrevista Tretton comparou esta situação com o "ser nomeado capitão do Titanic momentos antes de embater no iceberg".

Apesar do seu começo conturbado, no final de 2012 a PlayStation 3 vendeu mais de 70 milhões de unidades, conseguindo uma forte presença em mercados como o europeu e o japonês.

A Sony parece ter aprendido com os erros da geração passada e desenhou a PlayStation 4 como uma consola mais acessível, quer a termos de preço como a nível técnico, decisão que rendeu frutos já que neste momento é a consola mais vendida da geração actual.

Marcado com

Sobre o Autor

Luís Alves avatar

Luís Alves

Contributor

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Comentários