Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

GTA Online foi um sucesso totalmente inesperado, confessa a Rockstar

Não esperavam algo desta magnitude.

Image credit: Rockstar Games

Grand Theft Auto 5 é um dos maiores sucessos de todos os tempos e com mais de 175 milhões de unidades vendidas, promete figurar nos livros de recordes para todo o sempre.

Grande parte desse sucesso pertence a Grand Theft Auto Online, uma novidade na série que a expandiu de uma forma inesperada. Passados 10 anos, GTA Online ainda mantém GTA 5 nas tabelas de vendas e os jogadores a interagir com as novidades criadas pela Rockstar Games.

Scott Butchard, diretor de design, conversou com o Gamesradar e confessou que ninguém na companhia esperava tamanho sucesso para GTA Online, que transformou quase por completo a forma como a companhia gere o seu negócio e desenvolvimento.

"Quando começámos, penso que não conseguíamos sequer sonhar que ainda estaríamos nisto passados 10 anos. O sucesso de GTA Online é algo que jamais imaginámos."

Buchard disse ainda algo que certamente já esperas, o apoio a GTA Online continuará forte e gratuito, para toda a comunidade permanecer unidade a desfrutar das novidades.

Segundo diz, no início o objetivo era colocar os jogadores a divertirem-se juntos, numa experiência cooperativa ou competitiva. Com o tempo, perceberam que funcionava melhor de forma individual e que podiam mudar a experiência central para apresentar novo gameplay.

A Rockstar Games está a trabalhar em GTA 6, mas parece que GTA Online vai continuar em separado.

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

In this article

Grand Theft Auto V

Video Game

Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários