Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Google e PlayStation foram a Bruxelas falar sobre o negócio entre a Activision e a Microsoft

Expressaram pessoalmente as suas preocupações.

Jim Ryan viajou até Bruxelas para falar com os reguladores da União Europeia sobre as suas preocupações quanto ao negócio entre a Activision e a Blizzard, algo do qual já falou diversas vezes.

De acordo com o Dealreporter, via VGC, Ryan falou pessoalmente sobre o negócio de 68.7 mil milhões de dólares, tal como já fez através de entrevistas e conversas com diversos meios.

O presidente da PlayStation já comentou que a Microsoft ter as séries da Activision Blizzard na mão será prejudicial para toda a indústria e agora, voltou a fazê-lo, mas com as autoridades europeias.

A mesma fonte fonte avança que a Google também falou com os investigadores da UE sobre o negócio e demonstrou as suas preocupações quanto às implicações que este negócio poderá ter.

Nas últimas semanas, desde que o Financial Times avançou que as autoridades do Reino Unido iam avançar com uma segunda fase da sua investigação ao negócio, muito se tem falado deste negócio.

Dias antes do anúncio que as autoridades do Reino Unido iam avançar com uma nova fase da investigação, Spencer partilhou uma carta na qual falava sobre manter Call of Duty na PlayStation além do atual acordo, mas Ryan não gostou e disse que Spencer nem sequer estava a contar toda a história.

Desde então, os comentários e reações sucedem-se, o mais recente foi Satya Nadella, CEO da Microsoft, a dizer que se isto é uma questão de competição, está na hora de dar competição à Sony.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários