Skip to main content

Gollum custou alegadamente 15 milhões de euros

Equipa sofreu fortes restrições devido ao orçamento.

Image credit: Daedalic Entertainment

Desenvolvido pela alemã Daedalic, o jogo The Lord of the Rings: Gollum deu imenso que falar por maus motivos e motivou drásticas mudanças na direção da companhia, mas segundo recentes relatos, as coisas decorrem com um maior nível de adversidade do que imaginado.

Após o lançamento do jogo, criticado duramente pela sua fraca qualidade, desde os visuais ao gameplay, a Daedalic disse que iria dedicar esforços a melhorar o estado de Gollum e foi emitido um pedido de desculpas.

De acordo com novas fontes, que preferiram manter o anonimato, o pedido de desculpas nem sequer foi feito pela Daedalic, mas sim pela Nacon, a editora, que recorreu à ChatGPT para escrever o pedido de desculpas, relata o canal Game Two do Youtube.

No vídeo, é possível escutar membros da equipa a falar das condições de trabalho e revelam que Gollum foi desenvolvido com um orçamento de 15 milhões de euros e a equipa enfrentou severas dificuldades financeiras.

Os relatos mencionam cenas que foram criadas e não foram animadas devido à falta de dinheiro, o que levou a Daedelic a criar cenas estáticas na qual apenas podes ouvir as vozes.

Segundo este vídeo, o sistema de diálogos e troca de argumentos nunca foi terminado e tiveram de arranjar uma solução à pressa para meter no jogo a tempo do lançamento, mas este é apenas um exemplo de remendos que tiveram de fazer no jogo Gollum.

Ver no Youtube

Lê também