Skip to main content

Ghostwire: Tokyo Xbox Series X inferior à versão PS5

Testes da Digital Foundry revelam pior desempenho e mais.

Ghostwire: Tokyo chegou até ao ecossistema Xbox na semana passada, através do serviço de subscrição da Microsoft, Game Pass Xbox/PC. Mas o que ninguém estava à espera era de que a versão Xbox Series X fosse inferior à da PlayStation 5, em vários parâmetros.

Não deixa de ser um tanto intrigante que a Tokyo Gameworks, estúdio sobre a alçada da Bethesda, que por sua vez foi adquirida pela Microsoft, entregasse um trabalho de inferior qualidade ao que se verificou na máquina da Sony, a PlayStation 5.

Os dados são revelados no recente podcast dos nossos colegas da Digital Foundry, onde referem que são várias os parâmetros que estão inferiores ao da versão PS5, desde o desempenho, passando pelo ray tracing e até a resolução.

É divulgado que na Series X o desempenho é inferior, entre 5 a 10 porcento, e por vezes a diferença é ainda maior. A nível de resolução, no modo qualidade, a PS5 leva vantagem sobre a Series X. Já o ray tracing, parece estar mal implementado na máquina da Microsoft, com problemas nas sombras RT e reflexos com inferior resolução. Na máquina mais modesta Series S, os problemas são agravados devido à menor capacidade da consola, corre abaixo dos 60fps no modo de desempenho e o ray tracing está ausente.

Quem possuir um PC pode sempre jogar Ghostwire: Tokyo através do Game Pass PC e contornar muitas destas questões técnicas verificadas nas consolas Xbox Series X|S, mas não esquecer que a Bethesda adicionou o DRM da Denuvo a esta versão. Esta tecnologia traz na bagagem toda a polémica que a rodeia, pois de acordo com vários jogadores, pode piorar o desempenho dos jogos e resultar em comportamentos inferiores ao desejado.

Espera-se um vídeo mais detalhado sobre a análise técnica da Digital Foundry a Ghostwire: Tokyo. Cá estaremos para o divulgar.

Ver no Youtube

Lê também