Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Ghostwire: Tokyo terá seis modos gráficos na PS5

Para todos os gostos.

Ghostwire: Tokyo está apenas a alguns dias de ser lançado - dia 22 de março, o novo jogo do criador de Resident Evil chega então ao PC e à PS5 (como exclusivo temporário nas consolas).

Com a data cada vez mais próxima, novos detalhes sobre o jogo vão surgindo e o mais recente revela que Ghostwire terá 6 modos gráficos disponíveis na PS5.

Esta informação foi partilhada pelo site MP1ST após passarem algum tempo com o jogo e podes ver os seis modos gráficos já a seguir:

Quality Mode - Neste modo, o jogo corre a 30fps com resolução 4K. Recursos adicionais, como reflexos ray-tracing, estarão presentes juntamente com outras melhorias gráficas.

Performance Mode - Para quem prefere fluidez à beleza, este é o modo indicado, já que Ghostwire irá correr a um limite de 60fps. Claro está, isto significa que os gráficos não serão tão belos, perdendo por exemplo ray-tracing em tempo real.

High Frame-Rate Quality Mode - Este modo é semelhante ao primeiro, sendo que a únicas diferença aqui é que não há limite de fotogramas, correndo entre os 40-50 fps. Ainda assim, o site não recomenda este modo devido ao screen tearing.

High Frame-Rate Performance Mode - Este modo é semelhante ao segundo, sendo que a única diferença prende-se com o facto de não estar limitado aos 60 fps, podendo atingir valores superiores. Tal como o modo anterior, existe screen tearing.

High Frame-Rate Quality Mode With V-Sync/High Frame-Rate Performance Mode With V-Sync - Os dois últimos modos funcionam como os modos HFR quality e HFR performance, sendo que a única diferença é o V-Synch ativado.

Numa última nota, o site indica que um patch será lançado junto ao lançamento para resolver os problemas de screen-tearing.

Sobre o Autor
Jorge Salgado avatar

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Comentários