Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Geohot foge para América do Sul

Quem é que canta rap agora?

Num reviravolta dos acontecimentos, parece que o famoso hacker da PlayStation 3, mais conhecido como Geohot, de George Hotz, encontra-se neste momento na América do Sul, e não em solo Norte Americano para fazer face ao julgamento do que é acusado.

A Sony acredita que isto não é uma viagem de turismo, e que Geohot está a fugir.

Quem relata este acontecimento é o site VGHQ, que afirma que o hacker não cumpriu com o que lhe era exigido, nomeadamente apresentar diversos dispositivos para inspecção dos advogados da Sony, e fugiu para a América do Sul.

Na acusação da Sony pode-se ler, "Ainda mais sério, após o Magistrado Juiz Spero ter ordenado uma inspecção aos dispositivos de Hotz, e ter ordenado a Hotz em comparecer para depoimento na Califórnia, a SCEA soube que Hotz tinha removido deliberadamente parte integrante dos discos apreendidos, em vez de os entregar a um terceiro neutro, e agora Hotz está na América do Sul, uma desculpa para que ele não tenha que fornecer de forma imediata o seu disco, conforme solicitado pela pessoa neutra".

A acusação continua, "As tentativas de Hotz de se esquivar à autoridade deste Tribunal de Justiça levantam questões muito sérias."

A Sony também afirma que o hacker mentiu sobre as suas contas da PlayStation Network, pois o mesmo afirma que não tem conta.

O hacker forneceu um número de série de uma PlayStation 3, que tinha adquirido numa loja GameStop, perto de sua casa. Essa mesma PS3 foi depois identificada a criar uma conta, no dia 10 de março 2010, por um nome de utilizador 'blickmanic.' O endereço de IP associado a esse registo é de Glen Rock, New Jersey, exactamente onde George Hotz vive.

Depois de rap contra a Sony, de pedido de donativos e agora fuga. Que mais podemos esperar deste hacker?

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Soares avatar

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Comentários