Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Géneros ação e RPG a misturar-se

Isto segundo membro da Blizzard.

O principal designer de conteúdos na equipa de Diablo III, Kevin Martens, acredita que a divisão entre RPG e outros géneros de jogo está-se a tornar irrelevante.

"Os géneros de ação e RPG estão-se a misturar muito mais do que costumavam. Tens jogos como The Elder Scrolls IV: Oblivion que é um bom exemplo de um grande RPG que também tem bons sistemas de ação."

"E ainda, muitos jogos de ação estão a adicionar elementos de RPG, como BioShock. Um dos meus RPGs favoritos da anterior geração foi Grand Theft Auto: San Andreas."

Para Martens o conteúdo RPG em San Andreas era mesmo cativante apesar do jogo estar classificado como de ação. O homem da Blizzard considera que os dois géneros partilham muito mais coisas e que os cativantes sistemas de subir de nível e personalização de personagem/habilidades do RPG está a surgir nos jogos de ação.

Martens falou também sobre a dificuldade em criar "crawlers" de masmorras aleatórias é que existem tão poucos lançamentos triple A.

"Se vamos falar especificamente sobre RPG de ação, o molde do género de Diablo, penso que é realmente um jogo aleatório quanto isso, tem muitas classes diferentes. Esses jogos são mesmo muito difíceis de fazer."

"Diablo II foi um rei nesse género, e continua à venda em todo o lado mais de dez anos mais tarde."

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários