Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Gears of War 4 testado na Xbox One X - Primeiro olhar

O Digital Foundry começa a testar a consola.

O Digital Foundry começou a testar a Xbox One X e o jogo escolhido para iniciar a análise aos jogos Enhanced é Gears of War 4, o frenético e divertido título da The Coalition.

Algo que merece ser destacado desde logo é o quão bem Gears of War 4 combina com HDR, os efeitos de iluminação vibram com a tecnologia e os contrastes tornam o jogo muito mais impressionante em termos visuais. A diferença pode ser incrível. Desde detalhe adicional nos cenários à distância passando pelas explosões, o modo HDR torna Gears 4 ainda mais espantoso.

Na Xbox One X, Gears of War 4 permite optar entre dois modos de jogo diferentes. Tens um modo 4K que corre a 30fps fixos, tal como no original, com assets 4K (via actualização de 28GB - o jogo ocupa agora 109GB) que te permite o acesso a texturas 4K, algo que anteriormente apenas estavam disponível no PC. A resolução é 2160p, ou seja, 4K nativa, mas teremos mais detalhes sobre isto em breve.

Além do modo Visuais, que corre a 4K30, tens acesso a um modo Performance que corre Gears of War 4 a 1080p nativa e a 60 fotogramas por segundo, algo que agradará a quem tem um ecrã 1080p.

Em termos de performance, o modo Visuais corre a 30 fotogramas por segundo fixos, sem soluços, tal como acontece no original. No entanto, na Xbox One o jogo usa conversão dinâmica de resolução em cenas mais exigentes e aqui tal não acontece, tens 4K nativa a todo o tempo. O uso de anti-aliasing temporal do Unreal Engine 4 torna mais difícil distinguir a resolução, mas não existem indícios de resolução dinâmica.

No modo Performance, tens 1920x1080 nativa a 60fps com quedas ocasionais para meios 50s durante tiroteios ou para meios 40s em cenas de combate mais exigentes. A presença de v-sync adaptável permite screen-tearing, mas acontece somente no topo do ecrã, não sendo perceptível pelo jogador. As quedas mais graves causam impacto e os soluços do jogo são sentidos nos momentos mais intensos.

Na maioria do tempo, o jogo corre a 60fps e existem outros momentos exigentes em que seriam de esperar quedas, mas não acontecem. É um jogo altamente interessante e que será testado ainda mais.

Se estás a pensar no consumo energético que a consola mais poderosa apresenta ao jogar Gears of War 4, o Digital Foundry também te fala nisso. Em modo Performance, foram medidos 125 Watts, ligeiramente superior ao que a Xbox One original consome em modo 30fps. No entanto, ao jogar no modo Visuais a 4K, a Xbox One X consome 175 Watts, uma diferença de 50 Watts.

Brevemente, o Digital Foundry apresentará uma análise mais completa a Gears of War 4 na Xbox One X.

Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários