Rise of the Tomb Raider Digital Foundry

Confronto: Rise of the Tomb Raider na Xbox 360

Digital FoundryConfronto: Rise of the Tomb Raider na Xbox 360

Consola com dez anos recebe conversão soberba do novo jogo.

Quando a Microsoft anunciou a exclusividade de Rise of the Tomb Raider, ficamos surpreendidos por saber que um jogo tão importante agendado para finais de 2015 teria uma versão na velha Xbox 360. A mais recente aventura de Lara Croft chegou no mesmo dia às duas consolas Xbox e os resultados são mais impressionantes do que esperado. As duas consolas podem estar separadas por 8 anos mas Rise of the Tomb Raider funciona lindamente nas duas. Na 360, é um trabalho espantoso.

Conversões para consolas de anterior geração não são novidade. Mesmo quando chega uma nova geração, ainda há dinheiro para ganhar com as consolas mais velhas. Tradicionalmente, a qualidade das conversões tendem a descer com o tempo. Vimos isto em conversões como Shadow of Mordor, Far Cry 4, e Dragon Age: Inquisition - todos eles muito inferiores comparado com as versões na nova geração. Na geração anterior, vimos uma conversão de Tomb Raider Underworld para a PlayStation 2.

No entanto, em Rise of the Tomb Raider a situação é diferente. Desta vez temos o talentoso Nixxes a trabalhar na conversão para a 360 e os resultados espantam. É o mesmo jogo que temos na One com ajustes esperados. Não tem o requinte visual da versão One mas é na mesma um jogo atractivo e uma boa sequela. Não se sente apressado - é um projecto que recebeu cuidado e atenção.

Read more...