Monster Boy and the Cursed Kingdom

Uma jornada épica. Mais do que um tributo dos clássicos 8 e 16 bit, a prova de vitalidade das plataformas e acção em 2D.

Eventos importantes

Monster Boy and The Cursed Kingdom - Análise - Monstruoso

Levou quatro anos a ser produzido, mas pelo resultado valeu a pena. Monster Boy and The Cursed Kingdom é dos jogos marcadamente retro de 2018 o que mais impressiona. Todos os sprites (animações nas habilidades praticadas pelas personagens e seus movimentos) foram desenhados à mão, uma decisão que muito orgulha o parisiense Game Atelier, depois de iniciar o projecto com base num sistema alternativo e simplificado. Valeu o apoio da editora FDG Entertainment que em boa hora deslocou a produção do kickstarter para um sucessor espiritual de Wonder Boy. Adicionalmente o jogo recebeu a colaboração, a título consultivo, de Ryuichi Nishizawa, o criador desta série e também envolvido, recentemente, na produção de Wonder Boy III: The Dragon's Trap como remasterização do clássico da Master System.

É por isso para os fãs das aventuras de plataformas e acção em 2D das épocas 8 e 16 bit um justo tributo e, mais do que isso, um sólido desenvolvimento dos atributos que marcaram as aventuras originais. Monster Boy and The Cursed Kingdom é um jogo recheado de preciosidades e ligações aos jogos que estão na base do seu desenvolvimento. Tornando evidentes ligações que ostenta, importa lembrar que este é um jogo novo, e deve ser visto enquanto sucessor espiritual de Wonder Boy. Nos quatro anos de desenvolvimento a equipa de produção, mais do que optimizar uma ideia ou um conteúdo disponível, reforçou as bases e concedeu autonomia ao jogo, pondo para lá do esforço e do investimento financeiro, uma conjugação de ideias que adquirem substracto de forma particularmente feliz assim que damos os primeiros passos nas plataformas deste Monster World desenhado em 2D.

Monster Boy é um jogo criado com uma atenção ao detalhe, ao mais pequeno pormenor, ao movimento e singularidades de cada uma das seis personagens que nos são facultadas assim que progredimos neste delicioso e vibrante mundo aberto, repleto de percursos alternativos, áreas secretas e zonas só acessíveis numa segunda passagem. Ainda que espiritualmente ligado à série Wonder Boy, vislumbramos influências de Metroid, Zelda e Castlevania, jogos que à época das consolas 16 bit alcançaram uma posição relevante, o que mostra que a produtora não olhou apenas para o seu reduto, considerando os jogos de aventuras e plataformas 2D mais marcantes dos anos noventa.

Read more...

Monster Boy and The Cursed Kingdom recebe novo trailer

Monster Boy and The Cursed Kingdom recebe novo trailer

Feito em parceria com o criador do jogo original.

A FDG Entertainment apresenta o trailer da E3 2018 de Monster Boy and The Cursed Kingdom, o retorno de um clássico que está planejado para este verão no PC, Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Quem estiver na E3 2018, poderá experimentar o jogo na cabina em formato jogável no expositor da Sega e, apesar de nenhuma data de lançamento ter sido revelada, sabe-se que o jogo será lançado em formato digital, com edições físicas reservadas para mais tarde na Playstation 4 e Nintendo Switch.

Lê a seguir a descrição do jogo:

Read more...

Monster Boy com edição física na PS4 e Switch é uma forte possibilidade

São versões com menos risco, de acordo com um dos produtores.

Depois de um inquérito levado a cabo pela FDG Entertainment, a produtora responsável por Monster Boy and the Cursed Kingdom, veio agora um dos produtores, num post publicado no fórum NeoGAF, pronunciar-se sobre essa possibilidade, deixando no ar a ideia de que as versões PS4 e Switch poderão receber edições em formato físico.

Monster Boy and the Cursed Kingdom confirmado na Switch

A FDG Entertainment e a Game Atelier confirmaram que vão lançar Monster Boy and the Cursed Kingdom na Switch, a nova consola da Nintendo. De relembrar que este jogo será lançado também na PS4, Xbox One e PC ao longo deste ano.

Em todas as suas plataformas, Monster Boy and the Cursed Kingdom contará apenas com a versão digital.

Monster Boy é um jogo de acção e aventura em 2D, que contará com a colaboração de Ryuichi Nishizawa, o criador do Wonder Boy original. Este jogo será uma espécie de sequela espiritual que contará com inimigos e peças musicais conhecidas na série, bem como mecânicas que os fãs já puderam conhecer em Wonder Boy III: Dragon's Trap, que também será lançado na Switch.

Read more...

Monster Boy a caminho da Switch?

Actualizado: Estúdio confirmou.

ACTUALIZADO: Depois dos tweets, o estúdio francês FDG Entertainment confirmou ao site Gamekult que Monster Boy and the Cursed Kingdom será lançado também na Switch, a nova consola da Nintendo.

Monster Boy and the Cursed Kingdom recebe trailer Gamescom 2016

Monster Boy and the Cursed Kingdom estará presente na Gamescom 2016 e para celebrar a sua presença no evento Alemão, a FDG Entertainment apresentou um trailer a preceito.

Desenvolvido pelo estúdio Game Atelier, que conta com talento vindo do Media Molecule de LittleBigPlanet, Monster Boy and the Cursed Kingdom é uma carta de amor aos jogos de outras décadas e estará disponível na Xbox One, PlayStation 4 e PC no final do ano.

Ao longo do jogo, teremos a capacidade de nos transformar em seis criaturas, a qualquer momento, para ultrapassarmos os mais desafiantes quebra-cabeças e inimigos.

Read more...

Primeiro trailer de Monster Boy and the Cursed Kingdom

Primeiro trailer de Monster Boy and the Cursed Kingdom

Chega em 2016 ao PC, PS4 e Xbox One.

Monster Boy and the Cursed Kingdom é o novo jogo de Ryuichi Nishizawa, criador de Monster World, e será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC, sendo aqui apresentado no seu primeiro trailer.

Em Monster Boy, o jogador terá a capacidade para se transformar em cinco criaturas diferentes e desfrutar das suas habilidades e capacidades, usadas para enfrentar inimigos e abrir caminhos.

Além de bosses, descobrir caminhos secretos e remover uma poderosa maldição, o jogador terá que descobrir mais armas e novo equipamento para triunfar.

Read more...