London 2012 – The Official Video Game of the Olympic Games

Spotlight

Eventos importantes

Top do Reino Unido: London 2012 vence o Lego Batman 2

Começaram os Jogos e os produtos oficiais tiveram em destaque.

Certamente impulsionado pelos Jogos Olímpicos Londres 2012, o jogo oficial do evento chega ao primeiro lugar das vendas semanais no Reino Unido, destronando o Lego Batman 2, que já por semanas encontrava-se em primeiro lugar.

London 2012: The Official Video Game of The Olympic Games - Análise

Após um regresso a "casa" em 2004, a Atenas, onde tudo começou e com passagem seguinte, em 2008, por Pequim, a maior competição desportiva que junta todos os continentes ao longo de três semanas está de volta a território europeu, mais precisamente à capital de Inglaterra, a sempre apetitosa Londres. É um regresso ao velho continente numa altura marcada pela dificuldade financeira vivida por algumas nações. Felizmente não é o caso de Inglaterra que está a preparar uma edição tão ou mais memorável que a última. Os Jogos Olímpicos da antiguidade eram celebrados com grande pompa e circunstância, de tal modo que mesmo as nações em guerra suspendiam o combate para celebrar e honrar a tradição dos jogos. De certo modo é esse o espírito que preside a partir do momento que é acesa a chama no estádio olímpico, a imagem derradeira da celebração. Até ao último dia dos jogos todas as nações convocadas convivem sob o mesmo lema; superação individual e coletiva e competição.

O exercício do corpo humano até ao seu limite, dentro de um extenso recorte de eventos desportivos oferece sempre um grande impacte televisivo. Recordes caem, novos máximos mundiais e olímpicos são atingidos, atletas emergem como figuras dominantes e logo se perpetuam como lendas. Ao longo de três semanas; suor, lágrimas e muita emoção constituem o culminar de uma temporada de esforço e dedicação. No fim, só um número restrito e privilegiado de atletas consegue subir ao pódio, sendo ainda mais fechado o grupo daqueles que conseguem escutar o seu hino nacional. Porém, chegar aos jogos é já por si uma conquista de mérito incontornável. No caso português, para uma nação que oferece uma manta tão curta de atletas federados por comparação com outros países, impressiona pensar em façanhas como as de Rosa Mota, Carlos Lopes e mais recentemente Nelson Évora e Naide Gomes. Outros atletas estarão a representar o país, na sua maioria desconhecidos do grande público e sem contarem com o mínimo de atenção que a nossa comunicação social emprestou aos escolhidos de Paulo Bento para o Euro 2012.

Eu vou muito com a bola mas não embarco em euforias e paralisias cerebrais a reboque dos media da nossa praça. Perdoem-me mas é nos Jogos Olímpicos que está a verdadeira chama desportiva. E talvez por isso é que gastei mais algumas palavras do que tinha inicialmente em mente como introdução para esta análise. O jogo é o oficial dos jogos de 2012 (o título é demasiado amplo para o colocar aqui na íntegra, daí que doravante me refira ao jogo apenas como Londres 2012), mas como só haverá outra edição em 2016, percebam que é muito tempo e como o público alvo desta proposta editada pela Sega será maioritariamente uma audiência fã desta prova, é quase uma tradição fazer este reconhecimento prévio. No fundo, mais do que uma edição jogável, Londres 2012, o videojogo, funciona como um manual reforçado, ilustrado, interativo - naturalmente -, mas sobretudo bastante autêntico das provas que integram os jogos, servindo como auxiliar de acompanhamento das provas que arrancam dentro de sensivelmente duas semanas.

Read more...

Top Reino Unido: Embate de super-heróis

Lego Batman 2 e The Amazing Spider-Man nas primeiras posições.

O Top Reino Unido desta semana é marcado por um embate de super-heróis, mais concretamente por uma luta entre Lego Batman 2 e The Amazing Spider-Man pela primeira posição.