Dragon Ball Fighters Destaques

ArtigoDragon Ball FighterZ pode ser um dos melhores jogos de luta de sempre

Experimentámos uma versão quase final, com imenso conteúdo.

Anunciado na pretérita E3 sob o foco e delírio dos fãs, Dragon Ball Fighter Z perfila-se como uma das entradas mais importantes para o ano 2018, marcado para o final de Janeiro, mais precisamente o dia 26, depois da open beta que terá lugar nos dias 14 e 15, bem a tempo de ajudar a queimar as calorias e gorduras acumuladas durante a época natalícia. No contacto com uma versão muito similar à que será colocada no mercado, podemos assegurar que este é o jogo que irá agitar o género "fighting game" e colocar em pólvora tanto os fãs da série Dragon Ball como os adeptos dos jogos de luta.

ArtigoOs melhores jogos de Dragon Ball

Uma lista só com jogos "Super Saiyan".

Se nasceram no final da década de 80 ou no início dos anos 90, provavelmente cresceram a acompanhar a saga Dragon Ball na televisão. Este é o meu caso, e até hoje, continua a ser uma das minhas sagas favoritas. O sucesso da saga de Akira Toriyama cresceu imenso e, inevitavelmente, começaram a surgir os primeiros videojogos de Dragon Ball. O primeiro exemplo foi Dragon Ball: Dragon Daihikyō, desenvolvido para a Super Cassette Vision. Neste jogo controlavam o pequeno Goku na sua nuvem mágica enquanto disparavam para os adversários. Desde então que os videojogos com a licença de Dragon Ball não pararam de surgir. É inacreditável que ainda hoje, em 2017, continuem a ser anunciados novos jogos, mais de 30 anos após o lançamento do primeiro jogo (a nova saga, Dragon Ball Super, ajudou a saga a recuperar a força).

Dragon Ball é uma das franquias mais populares da Bandai Namco. Depois de lançados vários títulos, entre os quais Dragon Ball Z Budokai, um dos jogos que mais se aproximou do animé, parece que desta vez, com Dragon Ball Fighter Z, muitos dos fãs poderão ver o seu desejo e expectativas confirmadas. Produzido pela Arc System Works, a produtora japonesa que já nos deu Blazblue, Persona Battle Arena e o icónico Guilty Gear, atinge a fusão perfeita nesta colaboração com a Bandai Namco. Este é, na verdade, o sonho de muitos, uma realidade finalmente concretizada, dada a capacidade e o engenho desta produtora, notabilizada por "fighting games", em dar vida a Dragon Ball num formato que lhe assenta praticamente como uma luva.