Skip to main content

Funcionários da Unity ameaçados após o anúncio das novas políticas

Escritórios encerrados para os proteger.

Crédito da imagem: Unity

Funcionários da Unity receberam ameaças após o anúncio das novas políticas da companhia, que pretende cobrar uma comissão aos jogos desenvolvidos com o seu motor, após alcançarem um determinado patamar de vendas e instalações.

Vários funcionários da Unity, obrigado ao RockPaperShotgun, começaram a partilhar nas redes sociais que vários escritórios foram encerrados pois as autoridades acreditam que muitas das ameaças devem ser levadas a sério.

Javier Busto, designer de produtos na Unity, partilhou na X que "hei pessoal, apenas para lembrar de pensar antes de atacarem os funcionários da Unity. Esta manhã, ficamos a saber que as autoridades notificaram vários escritórios da Unitu sobre ameaças credíveis. Que treta."

Outros funcionários deixaram mensagens similares e Utsav Jamwal, gestor sénior de produtos, diz que os escritórios em Austin e São Francisco foram mesmo encerrados após as ameaças.

"Apenas posso supor que é devido às mudanças nos preçários anunciadas ontem. Surpreendente até onde as pessoas estão dispostas a ir nos dias de hoje. Infeliz."

Um representante da Unity confirmou ao RockPaperShotgun que receberam as ameaças e colaboraram com as autoridades para tomar as medidas adequadas, para proteger os funcionários.

Lê também