Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

FIWC10 determina o campeão nacional de FIFA10

Competição acérrima no Monumental em Lisboa.

Foi no dia 16 de Janeiro que se realizou a final nacional da Fifa Interactive World Cup, no Centro Comercial Monumental em Lisboa. Após vários eventos de qualificação - sempre esgotadíssimos - os dezasseis magníficos tinham um confronto final pelo título de campeão nacional, uma Playstation 3 e a oportunidade de representar o país em Londres no qualifier para a edição mundial deste torneio.

A competição foi acesa e um dos favoritos, Francisco Cruz - que no ano passado se sagrou o vencedor mais jovem de sempre desta competição e seguidamente levou Portugal a um honroso 3ºlugar no mundial - ficou para trás, sendo eliminado na meia-final do torneio. Enquanto decorria esta segunda meia-final Nuno Gomes, já apurado e visivelmente ansioso, elogiava a evolução que FIFA 10 trouxe a nível do contacto físico entre os jogadores, e discutia a dificuldade que foi apurar-se para a final frente aos "grandes nomes da comunidade FIFA".

Nuno Gomes e Pedro Caiado após a final.

Após derrotar o vencedor do ano passado, Pedro Caiado enfrentou Nuno Gomes numa emocionante série de jogos final, tendo este último sido consagrado campeão. Parabéns ao Nuno, nada mau para quem diz que pratica principalmente com os amigos e o irmão quando tem algum tempo livre.

A acompanhar todo este torneio estava Alexandre Caldeira, Product Manager da Electronic Arts, a quem colocámos algumas questões.

Concentração máxima.
Eurogamer PortugalFIFA Interactive World Cup vai já na sua terceira edição, como tem sido estar presente nestes eventos?
Alexandre Caldeira

Felizmente tem tudo corrido muito bem, o jogo tem uma série de novidades que renovam a jogabliidade - nomeadamente o drible 360 graus, a luta corpo-a-corpo, as melhorias nos guarda-redes... - Tudo isto reflecte-se na competição, os jogos são muito mais renhidos. De realçar também a parceria que mantivemos com a Adidas e a Sony e que é essencial para este torneio.

Eurogamer PortugalComo decorreu o processo de qualificação? O número de participantes no torneio foi o esperado?
Alexandre Caldeira

Tivemos oito qualifiers, a nível nacional desde Outubro até Dezembro, sendo que são apurados o primeiro e o segundo para totalizar os dezasseis que se encontram nesta final. Esta final não só elege o campeão nacional, como providencia a esse jogador a possibilidade de representar o país em Londres num qualifier para o campeonato mundial. É um esquema diferente do que se verificou no ano passado. Em 2009 apurávamos o campeão nacional directamente à final mundial, e este ano o vencedor é denominado campeão nacional, ganha uma Playstation 3 e vai à Londres disputar a possibilidade de ir à final mundial. Estas alterações reflectem a aposta da Electronic Arts nas participações no torneio pelo modo online do jogo, é preciso não esquecer que o ano passado tivemos mais de quinhentos mil participantes na FIWC. Elegem-se então dez jogadores através de qualifiers presenciais e vinte um através do modo online, sendo que para já temos alguns portugueses bem representados no top 30.

Eurogamer PortugalE a nível nacional, qual tem sido a evolução da presença de jogadores?
Alexandre Caldeira

A presença de jogadores tem sido fortíssima, e com muito orgulho o digo, pois temos esgotado as inscrições dos qualifiers todos em menos de vinte minutos após abrir as inscrições online. Temos no total - e é importante referir que este evento tem inscrições limitadas - mais de quinhentos participantes nos diversos qualifiers. Tem sido um crescimento exponencial no número de participações e o resultado está à vista, temos um nível de competição altíssimo.

Comentários

More Notícias

Artigos mais recentes